Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

terça-feira, 10 de maio de 2011

Um Adeus a Vanete, Obrigada Letícia por me ajudar superar essa dor imensa.


Hoje é um dia muito triste. Ainda pela madrugada perdemos a Vanete, minha madrasta tão querida.
Ha algum tempo ela estava doente porem não espera perde-la tão cedo, pois sempre foi muito guerreira e lutava bravamente por sua vida.
Vivia nesse mundo com um único objetivo de cuidar e amar as pessoas como a si mesmo.
Aprendi muito com sua coragem, seus ideais e seu amor e dedicação a Deus e a todos que a cercava.
Posso dizer que fui muito privilegiada por tê-la comigo durante algum tempo, e que tenho certeza que se existe um lugar bom alem da vida é lá que ela esta.
Descanse em Paz minha Querida. Eu e minha família sentiremos muito sua falta, amamos Você!!!
Cheguei de seu velorio com uma dor profunda que pude ameniza-la assim que peguei minha nenem no colo e amamentei. Obrigada Letícia por me ajudar superar essa enorme dor.

Nenhum comentário: