Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

sábado, 5 de novembro de 2011

Como superar essa perda??? NUNCA!!!

Papai fez uma tatuagem, nunca havia pensado nisso, mas através desse ato conseguiu demonstrar o tamanho de sua dor, e acima de tudo seu Amor por nossa Princesinha.
Mamãe sentiu muito orgulho do Papai e compreendeu que cada um demonstra de uma maneira, encara a dor a seu modo.
Mamãe não para de escrever...
Escrever como era, e como esta sendo... E pior como seria...
Oh Princesinha será que vamos conseguir continuar sem Vc???

Ainda não acredito, penso que estou vivendo um terrível pesadelo e que a qualquer momento vou acordar. Me desespero a acreditar que isso seja verdade, que ela não esta mais aqui, que não vai mais voltar. Não entendo o porque levamos ela para fazer uma cirurgia simples de correção e tudo isso aconteceu, nem os médicos sabem a razão dessa febre. E Deus porque me ignorou dessa maneira. PQ? PQ? PQ?
Não estou conseguindo superar essa perda, sei que não vou superar nunca. Sofro por mim, minha cesárea ainda dói, meus seios ainda tem leite, meu coração abriu um buraco que sangra a todo o momento, minha cabeça esta confusa parece que vou enlouquecer... Quero minha filha de volta mesmo sabendo que isso é impossível, chamo por ela... Sofro pelas minhas duas filhas que ficaram pelo sofrimento delas, por não entenderem, por não aceitarem e por sentirem tanta saudade. Sofro principalmente pelo meu marido que chegou à minha vida há seis anos com o único objetivo de me fazer feliz, pq. É o melhor marido do mundo e mesmo não sendo pai biológico de minhas outras duas filhas as-amam como se fosse. E para a Letícia foi o melhor Pai do mundo, amou, se dedicou e cuidou sempre de uma maneira especial, após seu nascimento fiz laqueadura e hoje penso que ele merece ser Pai, porque foi arrancado dele esse direito uma vez que ele tinha conquistado com a Letícia.
Estou vivendo dia após dia com um sacrifício absurdo, triste por cuidar das meninas por obrigação, triste em encarar o Ricardo e enxergar a mesma dor nele, triste por ter que continuar quando na verdade eu só queria poder estar com a Letícia! Sim preferia estar com ela, pois ela é um Bebê, a minha Bebezinha, minha Princesinha linda que eu amo mais que tudo.

Nenhum comentário: