Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Mãe entrego a Letícia a Ti, para que cuide dela para mim...


Mãezinha sei que olha por mim e neste momento sofre por mim...
Entrego a Letícia a ti, para que cuide dela por mim...
Viu só Mãe o que fizeram comigo??? Tiraram o meu bem mais precioso, arrancaram de mim Minha neném, e agora como sobreviverei???
Ajuda-me Mãezinha, da onde quer que esteja me ajude a suportar essa dor, dor maior do mundo. A Senhora passou por essa mesma dor e sabe como é difícil, dói demais o peito, dói demais à alma.
Cuide dela para mim, ame, proteja, bajule minha Bebezinha...
Queria muito estar ai com vocês, mas ate que esse dia não chegue confio em ti para tomar conta dela para mim.
Amores eternos da minha vida, uma me deu a vida e a outra daria eu minha própria vida, mas não pude, não consegui e sofro muito por isso.

Nenhum comentário: