Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Miguel Murad

Gostaria de dedicar esta mensagem de Santo Agostinho à família da pequena Letícia, que assim como eu, foi chamada para junto do Pai.

” A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do mundo. Eu sou eu, vocês são vocês, eu continuarei sendo. Me dêem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como sempre fizeram. Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos. Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo, sem nenhum traço de sombra ou tristeza. A vida significa tudo que sempre significou, o fio não foi cortado. Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vidas?
Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho. Você que aí ficou, siga em frente, a vida continua, linda e bela como sempre foi.
Sequem suas lágrimas e, se me amam, não chorem mais.”

Meus Agradecimentos...

Miguelzinho, acompanhei toda sua historia antes da cirurgia da Letícia, Chorei muito por você, chorei... Chorei e ainda choro... Não consigo entender*** Não imagina que sofreria por mim própria e pela minha Princesa a mesma dor de seus Pais...
Agradeço de coração toda forca e apoio oferecidos a mim.

Mamãe da Letícia.

2 comentários:

Pais de Miguel disse...

Nós, pais do Miguel, ficamos felizes em saber que a história de nosso "pequeno grande herói" serviu de exemplo e comforto a outras famílias... Também nos comovemos com a perda de vocês, mas tenham certeza, que Deus sempre escreve certo... Por mais que, naturalmente, tenhamos momentos de revolta, mas com o tempo e esclarecimento, que fica aqui a dica da doutrina espírita, do qual já obtivemos as respostas e respectivo conforto (acompanhem em nosso blog a comunicaçao com nosso filho, que continua vivo!), através desses caminhos vocês vão redescobrir a misericórdia Divina... Fiquem com Deus.... Muita paz... Contem sempre conosco.

Eliane Nascimento Sopran disse...

Oi Flor, perdi minha bebe tb mas em condições diferentes da sua pois eu não tive o prazer e alegria de ve-la com vida, ela morreu pela prematuridade e negligencia medica...Sinto muito por vc...Mas por outro lado me alegro de saber quevc pode toca-la sentir seu cheirinho receber da alegria do viver de-la mesmo que somente seis meses de vida.
Deus lhe abençõe e lhe de paz ao coração. Estarei te seguindo espero que esta dor alivie pois o amor e saude sempre ha de permanecer. bjinhos
http://viveramarfazervalerapena.blogspot.com.br/
Elly