Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

sábado, 15 de outubro de 2011

Minha Princesinha Partiu, e agora como viverei sem ela???


Meia noite o telefone tocou senti uma enorme pontada no coração, mas ninguém respondeu do outro lado da linha. Oramos novamente e voltamos a dormir. Às quatro horas da manhã o telefone tocou novamente era do hospital pedindo que fossemos la. Não acreditei que Deus havia me abandonado. Ao chegar la fomos informados que a Letícia teve duas paradas e estava no centro cirúrgico. Então dobrei meu joelho mais uma vez e orei, agradeci a Deus por estar tomando conta dela e supliquei que a salva-se. Não adiantou... Seu coraçãozinho não voltou a bater, tentaram colocar ela numa maquina para deixar seu coração descansar um pouco, mais ela não aguentou ficar nessa maquina seus órgãos foram todos parando um, a um, até que as 7:00h pararam tudo e ela partiu. Foram 11 dias na UTI após a cirurgia, em nenhum momento acreditei que fosse perdê-la, em nenhum momento nos disseram que seu caso era grave e que corríamos esse risco, em todos os momentos tive fé e a certeza de que ficaria boa. Aonde foi que eu errei? Onde estava Deus? Para que serviu essa fé?

Um comentário:

Gislene disse...

Amiga, ainda faço essa mesma pergunta, todos os dias desde que meu Dani se foi...)-: