Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Psicóloga***


Primeira consulta com a Psicóloga...

Depois de tanto insistirem resolvi ir ao encontro com uma Psicóloga.
Fui assim, mesmo sem entender direito onde estava indo e no que isso poderia me ajudar... Fui assustada, com medo...
Em fim:
Ao chegar senti meu coração disparar e antes de mesmo de dizer uma só palavra cai numa crise de choro...
A medica por sua vez, me deixou chorar, e aos poucos começamos a nos entender...
Falei, falei, contei tudo o que aconteceu desde quando descobrimos o problema no coração da Lele até o momento da sua morte.
Nossa primeira consulta foi uma espécie de avaliação a medica disse que era um rápido bate papo e que começaremos nossa terapia segunda-feira.
Concluiu dizendo:
Que preciso muito de ajuda... Que foi um golpe muito grande, um trauma que precisa ser superado... Disse que jamais deixarei de sofrer pela Lelê porem preciso aprender a conviver com essa dor, antes que ela me destrua...
Pediu que eu fosse ao clinico fazer um checape do coração, que posso sim estar com algum problema em decorrência de tudo que me aconteceu. Que só depois da opinião clinica poderá me ajudar vai tentar me ajudar com terapia e se persistir vai me encaminhar para a PISIQUIATRA para receite um medicamento. Disse que estou vivendo uma tristeza profunda, que isso realmente dói o peito e alma, nos deixa confusa e com idéias não muito boas.
Segunda feira continuará essa terapia, vamos ver no que vai dar
De imediato posso dizer que foi bom conversar com ela... Me senti amparada.

Preciso muito agradecer ao Cunhado: Marcio Gomes, pela iniciativa, pelo apoio, a força, a preocupação... Em fim tenho muito a agradecer... Cunha, Falo com Você depois sobre ontem à consulta com a Dr. Sirlei, posso te adiantar que gostei muito dela... Que choramos juntas.

E o Cunhado Respondeu:


Oi Fabi,

Ficarei melhor quando vocês ficarem mais tranquilos de tudo isso, saiba que vou até onde for preciso para tentar ajudar vocês.
Fabi, lembre sempre que vocês com os corações mais aliviados iram ajudar o descanso espiritual da nossa princesinha, posso dizer que ela esta bem e tem os cuidados das avós ao lado dela.
Ricardo precisa expor mais os sentimentos dele, é muito perigoso para saúde e isso muito me preocupa.

Beijos.



2 comentários:

Anônimo disse...

Fabi, encontrei seu blog e por isso vim olha-lo e confesso que estou aqui na minha mesa, no meu serviço aos prantos por vcs! Meu Deus, nem sei o que lhe dizer nesse momento. Acho que nem a palavras que cabem nesse momento. Eu não posso imaginar a dor que vcs estão sentindo com a ausencia de sua pequena. Não convivemos mto na Instrutemp, mas sou prova de como vc ficou feliz com a vinda de sua BB. Sinceramente, minha vontade agora é de lhe dar um abraço bem apertado pra tentar conforta-la de alguma forma sabe. Por isso Fabi, sinta-se abraçada por mim. Eu sinto muito, muito mesmo de todo meu coração, com toda minha sinceridade. Seu blog é lindo demais. Quem sabe um dia não possamos nos encontrar, e assim farei o que desejo...Lhe dar este abraço pessoalmente. O que posso desejar à vcs, é mta força!!!
Um beijo Fabi.

Kamila Arenas

Fabi disse...

Obrigada Kamila, recebo seu carinho e agradeço do fundo do coração...
Amava demais minha filha,daria a ela todas as válvulas do meu coração, morreria em seu lugar se pudesse optar por isso, mas fui injustiçada, tiraram minha filha de mim, enterrei com ela toda minha alegria de viver, tudo que havia de melhor em mim, não sobrou mais nada...
Sobrevivo nesse mundo idiota por minhas outras filhas e por meu Marido na esperança de que o tempo passe rápido e eu possa finalmente encontrar meu Potinho de ouro!!!
Bjus e mais uma vez obrigada, recebo seu abraço e retribuo.