Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Uma amiga chamada Cassia, Mãezinha do Oliver!!!


PORQUE?
PORQUE?
PORQUE?

Definitivamente vou enlouquecer se não descobrir o porque???

Porque eu, porque minha filha?
Porque Oliver, Miguel, Bianca, Daniel, Paulo Henrique, Nicoly, Letícia Karina e tantos outros Bebes que tenho conhecido suas histórias de despedida...
PORQUE NOSSOS BEBES???
OQUE FIZEMOS PARA MERECER TAMANHA CRUELDADE?
Tantas Mães que não merece ser Mãe, jogam seus filhos no lixo e nós que daríamos nossa própria vida fomos arrancado de nossos tesouros...
Numa busca constante de respostas tenho conhecido muitas histórias semelhantes a minha com a Lelê, e percebo que nosso sofrimento é literalmente o maior de todos...

Hoje conheci uma Amiga chamada Cassia, Mãe de um Príncipe chamado Oliver e me identifiquei a cada frase lida em seu blog. Pena mesmo nos conhecermos numa circunstancia tão triste, seriamos Amigas Felizes pra valer em outra ocasião... Por hoje, podemos ser amigas pra valer companheiras de dor!!!
Obrigada Cassia por me entender, me apoiar e me abraçar nessa dor que é nossa, definitivamente nossa...
É bom demais poder contar com Vc!!!
Sinta-se abraçada, Fabi...

Enviei algo assim a ela:

Oi Cassia,
Meu nome é Fabiana e perdi minha filha ha 2 meses e 13 dias, o nome dela é Letícia, era chamada por mim como minha ALEGRIA PLENA e era chamada pelo Papai como O POTINHO DE OURO. Esteve entre nós por 6 meses e foi brutalmente arrancada de nós.
Nasceu com um probleminha no coração e só descobrimos ao 5 mês de vida, até então era só ALEGRIA PLENA, um mês após descobrirmos ela foi submetida a uma cirurgia e 11 dias após partiu.
Desde então perdi a noção do entendimento e vivo num turbilhão de emoções...
A momentos que penso realmente ter ficado louca...
Abandonei meu emprego, faço semanalmente terapia com uma psicologa e mensalmente com uma psiquiatra, tomo ant depressivo, não para deixar de sofrer... Quero viver 100 anos e sofrer todos os dias a perda de minha filha, no finalzinho da vida terei a certeza de que sofri pouco por ela, tenho feito tudo isso para tentar entender o que houve...
Clinicamente sei:
Fui ao hospital onde foi operada e falei com o cirurgião que a operou, estivemos conversando por mais de uma hora e ele me explicou.
Entendi que:
Minha filha era uma cardiopata, foi submetida a uma cirurgia e não resistiu... Simples assim***
Mas na realidade não consigo assimilar...
Numa busca constante de resposta, encontrei o blog perdi meu bebe... Li, reli historias como a minha e a sua... Chorei, desabei, postei...
Encontrei também seu blog e já li por varias vezes...
É incrível como me identifico com suas palavras... As vezes paro e penso:
Nossa era exatamente isso que eu queria dizer, era exatamente essas palavras que eu queria formar...
Por me sentir confusa demais, louca demais na maioria das vezes não encontro palavras para expor o que penso ou sinto... Tenho evitado de encontrar pessoas, por que elas vão tocar no assunto e eu, como poderei falar se não consigo formar palavras, pelo menos não as que quero... Não as que preciso...
Não que eu não goste de falar sobre minha Princesa... Me emocionei quando disse: Não tenham medo de falar de meu filho, ele não é uma fantasia, um sonho, um pesadelo ele é real. É assim que a vejo minha Princesa REAL!!!
Também fiz um blog para desabafar sobre essa terrível tragedia que sofri...
Tento escrever, expor mas Nossaaaa... A confusão é tanta que acho que só eu mesma entendo o que escrevo...
http://leticiapotinhodeouro.blogspot.com/search?updated-max=2011-12-21T05:45:00-08:00&max-results=4
Nessa pagina esta minha pior postagem, a do dia que achei ter enlouquecido de vez... Veja só minha situação.
Em fim, Cassia,
Com tudo isso quero que saiba que acompanho seu blog, me emociono com ele e sobretudo me identifico, não admire encontrar em meu blog frases parecidas com a sua, temos essa dor em comum... Algumas vezes tento expor algo que estou sentindo e por não conseguir formar minhas próprias palavras lembro-me das suas...
Quero dizer também que sinto muito por Você, por mim e por nossos tesouros...
O Oliver é lindo demais, é um verdadeiro PRINCIPE!!!
Sinta-se abraçada...
Com amor e muita dor,
Fabi... Mamãe do POTINHO DE OURO!!!

E ela me respondeu:

Minha querida Fabi...estou chorando...doi muito ler seus relatos,a historia da linda Leticinha...doi ver sua dor,seus deseperos,suas loucuras...conheço tudo isso...vivi e vivo ainda tudo isso,hoje acontece com uma intensidade e frenquencia menor,mas,ainda assim é enlouquecedor...Os meus bebes nasceram no dia primeiro de abril e o Oliver morreu no dia 06...um dia depois do nascimento da Lele...Esse ano trouxe um grande desafio pra nós é o ano que vamos amar e odiar ao mesmo tempo...desajar que nunca acabe pra continuarmos sentindo os nossos bebes mais proximos e por outro lado desejar que acabe logo e esquece-lo pra sempre,pois em 2011 nosso coração foi arranco sem anestesia...Fico feliz Fabi que voce esteja procurando ajuda,indo a psicologos,psiquiatra e tomando os remedios...foi o que fiz...e continuo fazendo...no dia seguinte a morte dele ja corri pra pedi ajudar medica,não conseguiria suportar...segui dopada muitos dias,sem a anestesia dos remedios seria impossivel sobreviver pra cuidar do Chris...Escrever no blog foi um grande terapia e uma forma de colocar pra fora minha ira e revolta e voce faz muito bem escrever tambem e ao contrario do que voce pensa consegui entende perfeitamente o que voce escreve e acompanhar e entender esses seu terrivel momento.Eu minha linda tenho encontrado força criando uma comunidade de mulheres sofridas e feridas com nós....No facebook temos uma pagima MULHERES FERIDAS QUE VOAM,essas mulheres somos nós,feridas por perder nossos filhos e juntas vamos aprender a voar,isto é a voltar a viver,a trabalhar,cuidar dos nossos outros filhos e maridos...estou conlcuindo um site especialzado na perda de filhos,ja gostaria de ter colocado no ar,mas,essas emocões de final de ano me paralizou.Bom te encontar...sinto muito por ser nessa dificil situação,mas,estamos juntas nessa e vamos ser um suporte uma pra outra e Deus vai nos ajudar.Vou te mandar o link do facebook e o link de um video que fiz agora no natal sobre uma nova tradição pra lembrarmos dos nossos bebes...suas filhas são todas lindas,fiquei apaixonada por elas e a Lele não é só o tesouro no fim do arco-iris..ela é o proprio arco-iris.Se precisar de mim,estou aqui pra voce...nao se torture,viva seu luto como voce quiser,chore,grite e nao tenha medo de enlouquecer...as vezes precisamos disso..eu enlouquecir varias vezes...faça o tratamento direitimnho com o psiquiatra pra mim foi e tem sido muito importante...obrigada por visitar meu blog e por expor com tanta clareza e verdade sua dor,tenho certeza que logo logo voce vai estar ajudando outras mães a sobrevirem essa dor...um abraço bemmm apertado...
http://www.facebook.com/mulheresferidasquevoam
http://www.youtube.com/watch?v=CG-9gSmDyBY

A nós Mamães e Papais que choram a perda de nossos TESOUROS:
Ricardo meu Amor, Cassia, Marla, Tata, Gislene, Cecylia, Renielle, Liliane, Papais Murad.
E tantos outros Papais e Mamães que tenho conhecido através de sites e blogs
Um abraço apertado,
Com Amor,
Mamãe da Letícia POTINHO DE OURO!!!





6 comentários:

Marla Desanoski disse...

Oi minha querida amiga, como doi né, é uma dor que eu acho que nunca vai deixar de doer, obrigada por lembrar de mim, fiquei emocionada para nós que somos mães de anjos cada simples gesto é de grande importancia para nós, olha torço muito por vc, viu, tenho certeza que um dia vc vai se sentir acalentada por Deus, olha este natal foi um natal tão dificil foi o primeiro que senti que estava faltando algo, tentava preencher, e nada preenchia é horrivel este sentimento só que passa pode falar,mas um dia vamos descobrir o porque disso td...bjusss e que Deus te abençoe...

Fabi disse...

Marla AMIGAAA...

Como ñ lembrar de Vc que tem sido tão minha Amiga... Jamais esquecerei...
Sabe as vezes me pego pensando em nossos filhos,todos juntos brincando no céu. Penso também em nós chegando até eles, temos que combinar quem chegar la primeiro olhe para o filho do outro, até que um dia finalmente nos encontramos la.

Bjus Marla, um beijo Miguelzinho!!!

Marla Desanoski disse...

Olá amiga, sabe não tenho com quem compartilhar meus sentimentos em relação ao meu Anjinho, sabe, tô naquela fase que parece que as pessoas vão se esqueendo dele, como doi, viu, é claro converso com meu marido ele sofre junto comigo tambem, ai ai...
mas, combinado então...
Bjão Fabi, fica com Deus...

Fabi disse...

Marla,
Conversa comigo...
Estou aqui para você...
Quero muito te ouvir!!!
Entendo que as pessoas vão se afastando, para elas a vida segue seu percurso normalmente... Mas a nós não, a vida parou...
Te entendo, essa é nossa realidade...
Dificil entrar no msn, estou muito confusa e é dificil falar em tempo real... Demoro para assimiliar o que me dizem, por isso prefiro e-mail assim da tempo de eu ler, re-ler e entender o que estão querendo me passar...

Lembre-se:
Estou aqui para Você... Sempre:
fabiana_ngomes@hotmail.com

Ahh outra coisa,
Nunca pensou em escrever...
Não resolve nossos problemas, não diminue nossas dores, mas é uma terapia e tanto...

Abraço,
Com amor,
Fabi

Renielle disse...

Oi Fabi!!!
Me emocionei, obrigada por ter lembrado de mim , de coração...
Então, me identifico muito com vc,não fique com receio de falar sobre os seus sentimentos,SOBRE A SUA DOR só quem perde um filho, sabe o tamanho do sofrimento..
A VIDA JAMAIS SERÁ A MESMA!!!
Eu, estou a aqui, tentando ser Forte, mais por dentro o coração sangra...
Ontem, dia 01/01/2012 se minha bb estivesse comigo, ela ia fazer 1 ano e 7 meses, ja estava grandinha!!!..sabe, não a vejo como uma recem nacida, ela vai crescendo!! e como ela estivese viva...olha só (coisa de maluka...rs), mais não me importo, é como eu imagino...
Não ligue para que os outros pensam!!
Sempre passarei por aqui e estou contigoooo!!!!
E jamais se esqueça, que temos anjos em nossas vidas!!!

Fabi disse...

Oi Reniele,

Não tenho como esquecer de você, nem da Nicoly... Temos algo muito forte em comum... Sofremos a mesma dor.
Hoje voltei a ler sua postagem no blog perdi meu bebe, voltei a chorar por Você e me indignar com essa vida tão injusta e cruel...
Volto a repetir que sinto muito por mim e por você e principalmente por nossas Princesas!!!
Estamos juntas sempre...

Bjus