Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

9 meses...

Hoje completaria 9 meses, seria um dia de festa!!!
O que nos resta agora???
O AMOR E A SAUDADE...
Hoje com a fala embargada não consigo pensar com clareza o que gostaria de dizer... Os pensamentos feridos estão confusos, por essa razão vou dedicar a Você PRINCESA LINDA DA MINHA VIDA, algo que eu li e me emocionei por dizer exatamente o que gostaria de dizer nesse momento:

Amor da minha vida...

Se naquele dia eu soubesse que, ao deixar você, seria o último instante a sentir o seu abraço, eu não teria ido, iria interferir no tempo e o dia não findaria, faria dele momento estático, parando, se preciso, a rotação da terra.
Agora, sigo a procurar você, diariamente, intensamente, vivendo a saudade infinda. E você, tão perto, dentro de meu coração de amor e tão longe, inalcançável, levado que fora por um destino cármico para além do que posso alcançar.
O amor e saudade se transmutaram em ponte ligando-nos para sempre, duas almas em dimensões distintas. Vivemos na esperança do reencontro que acontecerá em um dia desses de nossas vidas eternas pelos renascimentos que nós plasmaremos e que o amor fará religar magicamente.

A Ponte - Poesia de Moacir Sader
MULHERES FERIDAS QUE VOAM!!!

Nossa como expressar:  tanta dor... Tanto Amor... Tanta Saudade...


Nossos sonhos foram todos roubados...

Sapatinhos que não serão mais usados...




Hoje Mamãe foi acompanhar o Papai em uma clinica onde fez alguns exames e na volta para casa, andando no shopping vimos o maiozinho que Papai planejava comprar a você...
Não consigo dizer o que senti quando vi os olhos do Papai brilhando por sentir tanta dor, tanta saudade, tanto Amor...
Então fico a pensar:
Tantos sonhos... Tantos planos... Quantas coisas tínhamos para viver, quantos lugares gostaria de te mostrar... Quantos sabores iria te oferecer a experimentar...
E agora...
Roubaram tudo de nós!!!
O que nos restou meu Amor, minha Princesa!!!
A mim o lamentar...
Como diz o Poema acima...
Ahhh se eu pudesse imaginar... Que aqueles momentos eram os últimos... Jamais teria te levado aquele hospital, jamais teria entregue Você nas mãos de quem não soube te cuidar...
Teria devolvido eu mesma você aos ceus... Ninando você, abraça a você, acariando você e falando baixinho eu seus ouvidos o quanto é especial, o quanto foi perfeita, o quanto nos fez feliz...
E concluiria dizendo:
TE AMO... TE AMO... TE AMO!!!
Ahhh como eu queria ter perdido minha fé no momento de entregar você aos medicos... Se tivesse sido assim eu teria medo e não teria entregue você a eles, teria fugido, correndo pelos corredores daquele hospital até chegarmos aqui na nossa casa...
Quem sabe?  talvéz tudo teria sido diferente...
Tive fé, em todos os momentos acreditei...
PRA QUE ME SERVIU ESSA FÉ?????????????????????????????????????????????

Nenhum comentário: