Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

domingo, 1 de janeiro de 2012

Aos Amigos...

Começo 2012 com um desabafo, desatando um nó na garganta...
2011 maldito...
Levou minha filha, tirou-a de mim, não me deu satisfação e embora eu tenha pedido muito não a trouxe de volta. Nem ao menos deu-se ao trabalho de me explicar o porque?
Desculpe se não foi você o culpado, Sinto muito se estou injusta, porem foram injustos comigo e preciso culpar alguém ou algo...Não tenho certeza quem me deve, se você 2011 que foi embora como se nada tivesse acontecido...
Se Você vida infeliz, injusta...
Ou Deus... bom nesse caso melhor nem comentar, se não pode evitar o que houve, e se mantem mudo a me explicar o porque, deve realmente nem existir...
Mas alguém precisa me ajudar a descobrir o porque?
É algum absurdo uma Mãe que perdeu seu filho querer saber ao menos o porque???
Em fim,
Amigos:
Sei que estou sendo repetitiva, chata, com ideia fixa falando sempre a mesma coisa, por isso mesmo resolvi criar esse espacinho onde eu possa falar e repetir minhas questões...
Assim lê quem quer, e não quem acha ter algum tipo de obrigação por ser meu amigo ou amiga. Fazendo assim um esforço inútil por não querer sem grosso comigo.
Entendo que a todas as outras pessoas, a vida segue seu percurso normalmente...
Daqui uns dias minha filha cai no esquecimento e ninguém mais vai lembrar que ela existe...
SIM EXISTE, CONTINUA EM MIM, PARA MIM...
Se não for pedir muito gostaria de começar esse ano dizendo aqueles me que amam que não esqueça de minha filha, que não parem de comentar dela comigo, para mim ela é tão importante quanto o ar que eu respiro...
E se possível tenham paciência comigo, se der...
Aos que me amam que continuem a me amar, mas que por favor respeitem meu momento...
Sei que para muitos eu devo estar um porre... Minha vida se tornou um mar de lamentações, e repetições...
Imagino que ninguém aguenta mais ouvir meus PORQUES???
Porem preciso que entendam não há dor maior na vida do que a perda de um filho...
NADA, ABSOLUTAMENTE NADA SE COMPARA A ISSO...
Nem mesmo a morte de um Pai, ou uma Mãe... Perder um filho é se perder também, se perder do mundo, das pessoas, de seus entendimentos, é enlouquecer. Definitivamente perder é um filho é se perde de si mesmo...
Tento, juro que tento ser forte a minha família, afinal estou aqui por eles... Mas acho que nem mesmo eles conseguem entender tamanho sofrimento...
De repente, por pena, por dó ou até mesmo por amor começa todo mundo cobrar que eu volte a ter uma vida normal...
Normal como assim?
Amputaram um pedaço de mim... Como poderei?
Como consegue um amputado de membros inferiores sair andando normalmente...
Como podem esperar de mim que perdi parte de meu coração que viva como antes , que eu seja feliz novamente.
Como podem esperar de mim que perdi minha alma que volte a ter esperança um dia?
Como poderei ter fé se Perdi Deus...
Como poderei ser alegre se perdi MINHA ALEGRIA PLENA???
Não peço que tenham dó de mim, peço somente que me respeite e se possível continue me amando, não condicione seu amor ao meu estado de espirito, embora não pareça esse amor a mim é importante demais!
Por favor Amigos continuem sendo meus!!! agradeço de coração esse carinho, mais me amem incondicionalmente...
Não me cobrem...
Não peçam a mim que eu me recupere logo, que eu seja forte, que tenha fé em Deus, não me diz que ele sabe o que faz e que um dia vou entender. Entender o que???
Por favor não me diga nada disso, pois entre todos os absurdos que sou obrigada a ouvir esses são os que me causam maior dor.
Entendo que as pessoas cansem de mim, já ouvi até uma frase de alguém dizendo:

JA CHEGA NÉ?

Chega?
Como assim chega de sofrer?
"Perca um filho depois me diz se isso é possível"
Então me perguntam e como ficam a Karol, a Gabi e o Ricardo?
E eu respondo:
Ficam comigo, a mim, me ajudando a seguir e eu os ajudarei com tudo que tenho, tudo que me restou... Sei que é pouco, mas não é culpa minha... mesmo pouco,vazio,a eles ofereço meu melhor, meu maior abraço, a parte boa de minha melhor história, minha melhor intenção, minha compreensão, meu verdadeiro amor... Literalmente pouco mais tem que restar, foi o que sobrou nos cacos que juntei dentro de mim...
Amigos...Família, são tão importes a mim, me ajudam tanto com todo esse carinho, e por estarem ao meu lado.
Prometo que retribuirei com o pouco que tenho, o pouco que sou, estarei aqui para Vocês com mãos estendidas sempre que precisarem do meu pouco, porem de coração!!!
E assim com paciência, quem sabe um dia eu volte a ser parecido com que era.
Talvez,
Não garanto!!!
Por hoje é só, mas é o que tenho, não consigo ser feliz, NÃO QUERO... Não consigo deixar de sofrer... Também não quero...
Pra ser sincera nem sei o quero e espero mais da vida, desse 2012 que acaba de iniciar...
Antes eu tinha paz por saber que quando os meus estavam em perigo bastava eu fazer uma oração e pronto, tudo ficaria bem... Depois tive a prova de que orações não servem para nada, comecei a ter medo...
MEDO MUITO MEDO... MEDO DE TUDO!!!
E depois de ter perdido a coisinha mais importante da minha vida, perdi também minha Paz e passei a perambular no mundo ao invés de viver...
Tento acreditar que minha filha esta em outro lugar, sendo assim ela não faz mais parte desse mundo e eu também não, não me encaixo mais em nada, não consigo me imaginar trabalhando, viajando, estudando... NADA, não consigo me imaginar vivendo fora dessa casa,,,
É triste, eu sei, triste mesmo tudo o que me aconteceu e continua a acontecer todas as manhãs quando acordo e me dou conta de que não é um pesadelo, de que tudo isso é real...
Noentando, continuo por aqui, lutando pelos meus, e tentando controlar o maior sentimento que existe dentro de mim, a saudade pela minha PEQUENA, chorando... Sofrendo muito sua ausência, vivendo um dia de cada vez , com o objetivo maior em descobrir o PORQUE??? Porque eu, porque a Letícia, o que fizemos? porque nós? E mais um montão de PORQUES...

É isso...
E na hora de dormir, olho para o cantinho que ficava o berço e penso, amanhã de manhã vou acordar o berço vai estar la, vou acordar com os resmungado da Letícia querendo seu Tetê, vou acordar... Finalmente acordar de verdade...
E todos os dias quando acordo eu abro olhos e olho direto para la, o cantinho de berço, então fecho os olhos conto até 3 e abro novamente... Hoje, ontem e todos esses dias desde que tudo aconteceu tenho feito isso... Por enquanto não tenho visto o berço, por alguns instantes me dou conta de tudo que aconteceu... E ai começa tudo de novo...
Amanhã porem farei a mesma coisa na esperança de acordar de verdade e encontrar ela la!!!

10 comentários:

Ana Lucia Decorações disse...

Bia, hoje amanheceu chovendo chovendo muito, poderia falar mil coisas,mas sei que nem todas as lagrimas do mundo conseguiriam expressar a sua dor; sem hipocrisia nenhuma entendo o que você sente, e é DIREITO SEU se sentir assim. 76 dias se passaram, ela se foi, mas sei que continua e sempre vai continuar cada dia mais viva dentro de nós, em você principalmente...
Gostaria muito muito mesmo te desejar um feliz 2012, mas sei que nenhum ano sera tão feliz quanto você merecia que fosse, gostaria de apagar o dia 15/10, mas esse não posso, oque posso e quero te desejar e compartilhar com você, e que todos os dias você se lembre de cada sorriso cada amanhecer cada gesto cada gracinha que ela te deu, momentos únicos e especiais ela no seu ventre no seu colo no seu tête, sempre recebendo muito amor e muito carinho, o melhor de todos que ela pode ter...
Todos os dias penso em você, e embora não nos falemos diariamente, de alguma maneira sinto como você esta, estou aqui minha irmã amada e querida, quando quiser falar chorar rir, gritar estarei aqui, quando o mundo não quiser mais escultar suas histórias e ouvirei, não sei porque com você de fato não merecia isso, sei que eu não suportaria não conseguiria continuar, mas você esta ai sobrevivendo mesmo amputada,te amo e te admiro mais a cada dia por isso...
Você tem 06 meses, 180 dias, 4328 horas, momentos únicos e só seus para lembrar e recordar a cada um deles, viva-os e reviva-os todos os dias são seus isso ninguém vai poder tirar de você , bjus amo você...

Marla Desanoski disse...

Oi minha amiga, é muito chato certas coisas que acontece né, olha as veses tem gente muitas veses as pessoas que amam a gente quer que a gente melhora por pressão teve uma vez que uma pessoa me falou "ah o luto já passou" dai falei "como já passou eu perdi um pedaço meu, só quem passa que entendi" ai dá um nervoso...
Que nem no natal, eu conversando com uma cunhada ela me falou que uma mulher que trabalhava com ela perdeu seu filho então chegou o dia dela voltar trabalhar ela não conseguiu, dai afastaram ela do serviço, dai uma outra cunhada falou ai a pessoa não tem que sofrer tanto se Deus levou ele porque é de Deus não tem que sofre tanto, eeeitá respirei fundo e respondi: "realmente é de Deus, mas não é tão simples assim como vc fala não, olha pode ter certeza que é a pior dor que existe nesta vida vc se sente multilado dor que nunca deixa de doer, agradeça a Deus por vc não saber o que é isto, pois só quem passa é que sente" ficou quetinha...
Tem gente que dá maior força pra gente, mas muitas veses certas palavras machucam ao em vez de ajudar é complicado, eu mesmo não tenho com quem conversar sobre meu anjo Miguel as veses tenho a necessidade de falar dele pra mim sentir perto dele, dai se for falar as pessoas falam que tenho que aceitar algumas fala que tenho que esquecer onde judia mais ainda, dái guardo pra mim, coverso muito com meu marido ele me ajuda muito.
Uma coisa é fato, só quem passa sabe o tamanho desta imensa dor que nem e falei pra vc as pessoas que amam a gente quer ver a gente bem, dai tenta fazer pressão, é complicado.
Fiquei feliz por vc ver o video, espero que te fez bem, nossa eu quando vi eu chorei tanto aconteceu td isso, ainda acontece...
fica bem tá amiga, queria tanto te dar uma abraço...mas se sinta abraçada...bjusss té+...

Fabi disse...

Não sei o que dizer...
O que responder a Vcs???
Não sei...

Ana Lucia Decorações disse...

ainda não existem palavras, é tudo muito duro, muito injusto muito cruel, mas tenho a certesa que a lelê hoje esta olhando por vc e desejando muito ver a mãezinha dela bem...

Marla Desanoski disse...

Oi minha amiga, não precisa dizer nada não, apenas sinta que vc é uma pessoa muito querida, para vc ver não nos conhecemos pessoalmente mas conheço a sua dor e sei como é importante um apoio de alguem que conheçe nossas dores...um beijo com um carinho sincero...

Anônimo disse...

Sua dor é grande... você tem mais é que desabafar mesmo! Escrever, chorar... não esqueceremos a Letícia!!! E você terá nosso apoio quando precisar! Um grande beijo!Sua cunhada...Gislaine.

Michele Carvalho Goulart Salomão disse...

Olá Fabiana, conheci sua história através do blog Perdimeubebe, desde então venho acompanhando seu blog e sofrendo junto com você. Todos os dias reservo 20 minutos para ler suas postagens e me emociono toda vez.
Me chamo Michele e sou mãe da Heloísa de 7 meses e 10 dias, felizmente tenho ela em meus braços e agradeço todos os dias pela saúde dela.
Sabe Fabi (se me permite chamar assim) apesar de não ter nem idéia do seu sofrimento, entendo completamente com se sente e sigo com o mesmo pensamento - Se quer que sejamos fortes para seguir em frente depois de a morte do nosso filho, então perca um para ver se consegue....

Quero que saíba que, aonde ela estiver estará vendo e ouvindo você e só ela sabe o que você esta realmente sentindo. Neste natal e virada do ano chorei muito abraçando minha filha, pensando em como vc estaria e pedindo paz no seu coração e sabedoria para você nestes momentos tão difíceis, cheguei até a ser hipócrita pensando na minha alegria de ter a minha filha ao meu lado e por alguns instantes esquecer de tantos pais que estavam no mesmo momento chorando a falta dos seus anjinhos.
Não vou pedir que seja forte e nem que confie em Deus, porque eu no seu lugar tbm estaria louca, se é que estaria viva, e outra, você foi forte e confiou nele durante 11 dias e mesmo assim levaram seu potinho de ouro e afastando qualquer Alegria plena que poderiam sentir sem ao menos dar um tempo para se acostumar com a ideia (se é que isso existe.)
Espero que um dia você possa estar um pouco melhor e com o coração mais aliviado, pq a dor não acaba... Tenho certeza... Grande abraço no seu coração

Fabi disse...

Oi Michele,
Obrigada pelo carinho, pela solidariedade...
Ao passar dos dias as pessoas de um modo geral tendem a se esquecer de quem se foi... A não ser Mãe, Pai e quem também sofre a mesma dor...
Escrever foi a maneira que encontrei de extrapolar... Poder gritar sem incomodar ninguém com meu grito, poder chorar sem que minhas filhas sofram ao me ver chorar... Poder sofrer, literalmente sofrer a maior dor que um ser humano é capaz de sentir e suportar...
Sabe, antes disso tudo acontecer eu falava a quatro cantos que morreria caso acontecesse algo com minhas filhas... O que acontece é que agente não morre... é como um castigo, a gente deseja morrer, mas não morre... É obrigada a permanecer aqui, imóvel sem ter nada a fazer além de sofrer... sofrer... e sofrer...
É literalmente um castigo...
Ja viu em filmes ou novela quando alguém deseja algo de muito ruim ao outro e comentar: morrer é pouco, quero que sofra... Pois é assim que me sinto...
Só não consigo entender que mal eu fiz a merecer esse castigo tão profundo, tão cruel...
Castigo esse que não desejo a ninguém nem para um inimigo se eu tivesse um.
Em fim,
Obrigada pelo tempo que dedicou a mim, obrigada pelo carinho, pelo apoio, pela força... Por me entender... Obrigada mesmo, de coração!!!
Desejo tudo de melhor a Vc, sua filhinha, sua família...
Finalizo dizendo a você que aproveite cada momento com sua filha, ame muito, bajule, mime, cuide!!! os filhos crescem rápido demais e cada minuto com eles é precioso!!!
Pode me chamar de Fabi...
Beijo grande,
Com amor,
Mamãe do Potinho de ouro!!!

Lídia disse...

Bia sei que não é fácil o que sente só de imaginar me da uma dor no meu peito,entendo perfeitamente seu estado e não é p/menos e isso que vc escreve é um jeito de vc se desabafar,por p/fora esta dor,angustia só vc vc mas que ninguém sabe o que esta sentindo....bjs Lí

Fabi disse...

Obrigada Lidia...
Estou feliz por Vc, parabéns pelo Bebe!!!
Bjus