Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Em consulta a Psiquiatra...

Eu digo:
Doutora estou com medo, muito medo, me ajuda...
Tenho medo quando minhas filhas saiem de casa, fico imaginando que a qualquer momento pode lhes acontecer algo e nada poderá evitar...
Tenho medo quando saiu eu de casa e elas ficam, fico pensando em quantos acidentes domésticos estão suscetível...
Tenho medo quando meu marido se atrasa ao chegar em casa, sempre que isso acontece penso que ele pode ter passado mal, que pode ter sido assaltado, que pode ter sofrido um acidente...

E agora doutora???
Queria poder trancá-los em casa, não deixar ninguém sair... nunca mais, assim evitaria que algo acontecesse... Então lembro-me das doenças sem causa, sem explicação que simplesmente vem e ponto. Médicos não conseguem explicar como elas chegam, minha mãe teve câncer, morreu com câncer e desde então eu pergunto como o câncer chega, o que leva uma pessoa ter câncer???
E agora doutora???
Estou com medo...

Antes eu fazia uma oração, pedia a Deus e tinha paz, pois inocentemente acreditava que estávamos livres de todo mal, e agora???
Pedi tanto, orei, pedi, implorei, supliquei, fiz votos, prometi fidelidade a Deus a religião, pedi, pedi, pedi... orei e tive a maior de todas as fés... E nada, de nada valeu... Tive então a maior de todas as decepções...
Agora sei que orações não servem para nada... Não são ouvidas...
Sendo assim, quem poderá me ajudar a proteger minha família, quem os livrara do mal... Até onde cabe a mim eu farei, mas eu...rs Piada, nada posso fazer!!!

E agora doutora??? me ajuda, me da uma luz, preciso descansar estou cansada demais...
não consigo dormir, é muita, muita preocupação em minha cabeça, é muito medo...

E agora???

E agora???

E agora???

MEDO... MEDO... MEDO...

Tenho medo...

Perdi a coisinha mais importante de toda a minha vida, meu bem mais precioso, e embora eu estivesse por perto me dedicando, oferecendo minha vida em troca pela dela, nada adiantou...

Aprendi que nada posso fazer, nada!!!

E agora?

Quem protegera minha família, quem???

Tadinha da Drª. Vera... embora seja psiquiatra, tenha estudado a vida toda sobre a mente humana, não foi capaz de me entender, não pode responder minhas questões...

Aumentou a dose do ant. Depressivo e me receitou mais um.

Tendo por encerrado a consulta, vim embora, correndo pois Karol e Gabi estavam em casa...

E ao chegar em casa percebi que estavam bem, então comecei a calcular o tempo que faltava para o Ricardo chegar...
E assim tenho feito, coração na boca quanto um deles não esta por perto... calculo os minutos que mais parecem horas, até que estejam todos reunidos, e quando isso acontece sinto a maior de todas as dores, pois falta a Letícia...

Ahhh Letícia... Onde estará Princesinha? sera que ai no céu você esta bem??? sera que senti minha falta??? sera que percebe meu sofrimento??? sera??? sera??? sera??? Tento, meu amor não sofrer pensando que de alguma maneira possa ver ou sentir minha dor, pensando que pode sofrer ao me ver assim, mas como conseguirei não sofrer se a ferida que se abriu ao te ver partir sangra a todo instante??? Como poderei não sofrer ao sentir literalmente um pedaço faltando em minha vida, em meu corpo, em minha alma... Ao sentir parte do meu coração paralisado e a outra parte ardendo, doe abrir os olhos, doe respirar, doe não te ter por perto, doe entender que agora vive ai longe de mim... doe ter que viver aqui longe de você...

OH MEU AMOR...

Só queria estar com você, sentindo seu cheirinho, dizendo: carinho Lelê, carinho, e sentindo suas mãozinhas em meu rosto... Só queria acordar de verdade olhar para o berço e ver aquele sorrisão banguela mais lindo do mundo... Só queria te abraçar e sentir seu coraçãozinho batendo junto ao meu... Só queria cantar para você dormir...
Oh meu amor você trouxe a mim o maior de todos os sentimentos, o de amor além da vida, da morte!!! me mostrou que o amor verdadeiro vai além... e consegue ser maior, maior do que o medo, a revolta, a saudade... maior que tudo!!!

ME PERDOA FILHA!!!

TE AMO MAIS QUE TUDO...

NÃO SOFRE POR MIM... MAMÃE TA BEM, FIQUE BEM TAMBÉM... ME ESPERA!!!



4 comentários:

Marla Desanoski disse...

Oi minha amiga, sei bem o que é isto, as veses me da uma angustia que tento achar solução para esta dor e não acho as veses me dá um desespero...complicado demais, dolorido demais...
O que posso te dizer...sei que nada consola...mas quero que saiba, que estou aqui mesmo distantes, sou solidário a sua dor, sei como é importante pessoas que nos compreendem...
Semana que vem no dia 01/02 meu filhinho, meu lindo anjinho faria seu primeiro aninho, amiga como doi, viu...mas sabe que estou fazendo, estou preparando uma homenagem á ele, montei um video e estou escrevendo uma carta como estivesse mandando pra ele e vou pedir para publicar no blog "perdi meu bebe" sabe que tá me fazendo bem, me sinto perto dele...quando estiver pronto te aviso, blz...
Mas quero que saiba, que estou aqui torcendo por vc, para amenizar um pouco esta dor, e vc encontrar um pouquinho de paz...Um grande abraço...

Fabi disse...

Oi Marla, tenho tentado ser forte... mas hoje... Hoje não ta dando...
Sei nem o que dizer:
Acordei assim...
Dificil demais...
Nossaaaaa...
Em fim,
Obrigada!!!
Quando o videozinho estiver pronto manda para mim, se concordar publico aqui também...
Vou me sentir bem homenageando Miguelzinho, amiguinho da Lelê...

Beijos amiga!!!
Fica bem!!!

Marla Desanoski disse...

Oi amiga, qual e o seu endereço de e-mail, para mandar a homenagem???
Bom mas publica se voce estiver a vontade, tá... Jamais ficarei triste se não quiser publicar vou te coompreender...blz...
Estarei aguardando respostas...bjusssssss...

Fabi disse...

fabiana_ngomes@hotmail.com

Amiga sera para mim a maior honra publicar o videozinho do Miguel!!!

Estamos juntas, lembra???

Bjus