Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

4 meses sem minha Filha Amada...

 Letícia,
Ha 4 meses partia deixando em mim dor e tristeza profunda... Mamãe pedia para ficar, não pode né filha,
Eu sei que foi valente e lutou até o fim...
Também ñ queria deixar a Mamãe, o Papai e as irmãs...
Ainda não consigo entender o porque perdemos essa luta se lutamos tanto...
Te amo até depois do fim...
Sem mais palavras coração sangrando...



(Li esse texto em algum lugar e faço então de minhas palavras):

Para a morte de uma filha não há cura,
tratamento,
nem alívio para a dor.
A morte de uma filha faz sofrer o coração até o fim.
Fim que não chega nunca.
Morrem-se um pouco todos os dias.
Enlouquece-se de dor, sem se perder a razão.
Dizem que mãe não deveria chorar a morte do filho, mas a dor desta perda é um pranto sem lágrimas, um lamento silencioso.
Um verso de Chico Buarque diz:
que “a saudade é:
arrumar o quarto/ do filho que já morreu”.
Arrumei o quarto dela, antes mesmo de saber que já estava morta. Talvez, no íntimo ja o soubesse.
Mas essa não é a maior dor.
A saudade do filho que já morreu é a dor de todas as dores.
Pensei que pudesse esconder tal dor,
mas,
no fundo dos olhos o brilho se apagou, e a lágrima é a dor que transborda que afoga e sufoca.
Vejo a vida de minha filha ir-se não de uma vez,
mas todas as vezes que me deparo com alguma criança que teria a idade dela hoje.
Imaginar como ela estaria..
Vendo ali as outras crianças correndo,
brincando é quase que impossível.
E só quem prestar muita atenção perceberá lá no fundo dos meus olhos,
a dor,
aquela, maior de todas.
A da mãe-órfã ( Papai também)...

Letícia para sempre em nossos corações!!!



6 comentários:

Ana Lucia Decorações disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Lucia Decorações disse...

Bia: to aqui,
sofrendo com você e por você
pra tudo para o que der e vier..
você tem um marido maravilhoso 3 filhas lindas duas perto e uma no céu, que tenho certeza cuida e olha por você todos os dias...
Você é a mãezinha linda dela e por maior que seja a distância o contato que existe entre vocês ultrapassam tudo...
Aqui ou em outro plano, ela nunca deixará de ser sua e você dela,
como sempre digo uma mãe perfeita em carinho cuidado e amor...

Lembra:

Saudade Grande Amor maior!!!!

Michele Carvalho Goulart Salomão disse...

Ohhhh minha amiga Fabi, que dia mais dificil.. Quatro meses se passaram e a saudade não diminui, não se afasta, não os deixam... Lamento profundamente por esta data... Como ja havia dito anteriormente, queria muito poder voltar ao passado para não deixa-la ir embora... Sinto sua dor como se fosse minha e hoje pra mim tbm é um dia triste, dia em que perderam o bem mais precioso, um pedaço de vocês... Choro por vc e pra você amiga!

Por outro lado, são quatro meses de muita alegria e diversão no céu, os anjinhos estão com uma companhia maravilhosa, a companhia de Lelê que com certeza é a estrelinha mais brilhante só por sentir a todo momento o amor imenso de vocês...

Força sempre amiga!!!

Marla Desanoski disse...

Oi minha amiga, minha querida amiga...Sei como triste, conforme vai passando os meses a saudade aumenta, né...cada mês que passa é como estivesse voltando aquele terrivel dia, é dolorido demais...
O que dizer pra vc??? sei que palavra nenhuma amenizará sua dor, mas quero que saiba sofremos juntas, sofro muito por vc, pela nossa dor, mas estamos juntas, mesmo de longe quero que saiba o imenso carinho que tenho por vc, e como torço pra vc sair dessa...e tenho fé que esse dia vai chegar, sempre falei jamais voltaremos ser feliz como antes pois um pedaço nosso falta, mas m dia todas nós vamos encontar a paz no nosso coração...Amiga estou aqui...bjusss minha amiga...fique com Deus...

Ricardo disse...

Filha essa dor o papai vai levar pro resto da vida.

TE AMO TANTO...TANTO..
meu sorriso banguela, papai lembra de vc todos os dias, ñ tem um dia q papai ñ pense em vc.
a saudade e demais filha minha.

Fabi disse...

Agradeço as amigas pelo apoio, carinho, ombro amigo...
Obrigada de coração!!!

Ricardo meu Amor, ha você faltam-me palavras, queria consolar-te, mas sei, por também sentir, que não ha consolo...
Sinto muito meu amor, por nós... Jamais imaginaria passar junto a você um sofrimento como esse (a maior de todas as dores)...
Porque?
O que fizemos?
Sera que merecemos???
Nossa filha era inocente, lutou por sua vida, lutou para ficar com agente...
Quanta injustiça nesse mundo PODRE...
Sinto muito por nós, se eu pudesse... ah se eu pudesse***