Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Luto Patológico

Ontem tive consulta com a psiquiatra...
Assim que entrei a Drª falou:
Fabiana como esta bonita...
Eu sorri e chorei no mesmo instante...
Não sei explicar, faço isso toda vez que entro em um consultório medico...
A sensação que tenho é que seguro até esse instante, chegando la coloco para fora sem exitar...
Ela me disse:
Cabelo lindo, rostinho tão triste...
Exatamente assim que me sinto....
Contei a ela tudo o que aconteceu comigo nos dias em parei os medicamentos e ela me disse:
Isso não se trata de abstinência e sim a falta que eles te faz, isso nos mostra o quanto ainda precisa desses medicamentos...
E eu disse,
Mas doutora eu queria parar com todos eles, quero poder sofrer sozinha...
E ela disse:
Fabiana, essa é mais uma prova do quanto precisa deles...
Quando eles não fazem mal também não incomodam...
Tem que tomar sim...
Ela me disse que até o 3 mês após a partida de um ent querido é normal essa tristeza, no meu caso era preocupante por isso me passou os remédios, mesmo assim era um quadro de tristeza profunda... Ao passar do 3 mês é considerado depressão grave, pois com a ajuda dos medicamentos ja era para eu estar reagindo, não parar de sofrer e sim sabendo administrar o sofrimento...
Não tem sido assim,
Cada dia que passa me sinto pior...
Levei a ela todos os exames clínicos que fiz desde que tudo aconteceu, e ela disse:
Seus exames estão ótimos.
E eu disse:
Então porque me sinto tão mal???
Enjoos, tontura, fraqueza, tremedeira, suor frio, sensação de desmaio...
E ela disse:
Oh minha linda, tudo isso faz parte do pacote...
Aumentou os medicamentos...
Antes tomava 3, fazia terapia uma vez por semana e acompanhamento com ela uma vez por mês,
Agora tomarei 5, continuo as terapias uma vez por semana, e passarei com ela 2 vezes por mês...
Posso com isso?
Ela diagnosticou meu caso como Luto Patológico...
Nossa...
Me sinto exausta,
Vontade de morrer...
Mas não morrerei, não agora, enquanto minhas filhas forem pequenas e precisarem de mim, Marido também...
Lutarei todos os dias para cuidar deles...
Letícia minha Pequenininha me ajudara, guiara meus passos...
É isso,

Amigas,
Isso é para Vocês:
Não se preocupem, estou me cuidando, estou lutando, não desistirei, embora a vontade seja essa, a necessidade em continuar aos meus é maior!!!
Obrigada pela força que me dão, o carinho de vocês me dão forças a continuar...
Letícia meu solzinho, obrigada por iluminar minha vida, por estar comigo, por me ajudar em todos os momentos... Se choro hoje, choro de saudade, choro por tanto te amar...
Hoje mamãe te ama mais do que amava ontem, amanhã amarei mais ainda, e todos os dias serão assim cada vez maior meu amor por ti!!!PRINCESINHA LINDA, AMOR ETERNO!!!


Minha filha, amor eterno da minha vida!!!

6 comentários:

Marla Desanoski disse...

Oi amiga, isso vai passar, não que dor passa acho que sofreremos para sempre a falta que nossos anjinhos nos fazem...Amiga, lembra que te falei que me sentia melhor, realmente aos poucos estou conseguindo entregar meu filho pra Deus, mas eu tive uma recaida, sabe tem uma coisa que eu preciso me curar o que aconteceu no dia que o Miguel nasceu, não consigo perdoa não suporto ouvir o nome daquela pediatra que demorou tanto pra levar meu filho, acho que o dia que conseguir perdoar acredito que sofro menos, ontem fui ao médico o meu ginecologista e acabei desabafano com ele, falei que até hoje eu não me conformo com a irresponsabilidade daquela doutora, ele me compreendeu e vc sabe que ele me receitou um anti-depressivo e pra ajudar estou com principio de diabetes, eu mereço...posso lhe dizer que estou vivendo dias tristes, mas tenho fé que isso vai passar e vou consguir perdoar...
Bjusss, amiga faça o tratamento certinho, a vitória virá para nós...

Fabi disse...

É amiga, tento acreditar nisso, que vou melhorar, mas ta difícil...
Sabe Marla, sempre penso em Vc, na sua historia, no Miguel e penso com muita raiva nessa medica... MALDITA... Nossaaaaaaaaaaaaa...
Em fim,
Minha medica sempre diz que a tendencia é melhor, mas recaída vai normal, vira e mexe vai acontecer...Temos que estar preparada a isso... Bem quanto ao ant depressivo tenho que tomar 5... Imagina??? acho que 1 não vai te fazer mal, vai te ajudar...
É isso minha amiga... Estamos juntas, sempre, conte comigo...
Abraço...

Gislene disse...

Amiga querida, não sei o que te dizer, porque já passei por tudo isso! Já faz 4 anos e 3 meses, e tem dias que ainda me sinto exatamente como você está se sentindo... Essa semana criei coragem e fui ver uns videos do meu anjo, chorei, chorei, me deprimi e fiquei com muita vontade de morrer... O Dani é a minha vida, como viver sem a vida da gente ? Você ainda tem suas outras filhas, isso não consola, mas você sabe que tem que ser forte por elas, elas te ajudam... Eu não tenho nenhum filhinho comigo, só tinha o meu Dani... Força amiga, não sei se ajudo ou atrapalho com meus comentários... beijos no seu coração!

Ana Lucia Decorações disse...

tenho Certesa que cada dia ela esta com você, cuidando e olhando por você, e tenho certesa tambem do orgulho que ela tem das irmãnzinhas que estão ao seu lado cuidando da mãezinha tão querida dela, bjus

Fabi disse...

Oi Gi, você ñ me atralha de maneira alguma, sei o quanto sofre pelo Dani, e sinto muito por nós... Admiro muito seu amor a ele, te entendo, sinto como você, sofro com você a morte de nossos filhos...
Obrigada por estar aqui... Estamos juntas.
Força para ver os videos do Dani, imagino o quanto te doi, ele é lindo!!!
Abraço.

Fabi disse...

Sei disso minha irmã, ela esta comigo, vivi em mim...
Obrigada!!!