Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Para sempre filha amada:

A morte de um filho?
é uma gravidez às avessas
volta pra dentro da gente para uma gestação eterna


aninha-se aos poucos
buscando um espaço
por isso dói o corpo
por isso, o cansaço


E como numa gestação ao contrário
a dor do parto é a da partida de volta ao corpo pra acolhida
reviravolta na sua vida


E já começa te chutando, tirando o sono
mexendo os órgãos, lembrando ao dono
que está presente, te bagunçando o pensamento
te vazando de lágrimas e disparando o coração,

A morte de um filho é essa gravidez ao contrário
mas com o tempo, vai desinchando
até se transformar numa semente de amor
e que nunca mais sairá de dentro de ti.


PEQUENININHA... AMOR ETERNO DE NOSSAS VIDAS... MAMÃE E PAPAI AMA DESCONTROLADAMENTE NOSSO PINGUINHO DE GENTE, NOSSO POTINHO DE OURO!!!
*PARA SEMPRE NOSSA*

2 comentários:

Michele Carvalho Goulart Salomão disse...

Bom dia amiga, imagino que a sensação deve ser esta mesmo, gravidez ao contrario, como se vc estivesse sentindo tudo, mas do final ao começo...
Que bom que ja esteja um pouco melhor, embora a tontura ainda continue, continuo aqui torcendo por você viu... Bju e forte abraço no seu coração!

Fiz uma pequena homenagem para a Lele no meu blog, dá uma olhadinha depois ta?!?!?!

Marla Desanoski disse...

Li este texto mais ou menos 1 mês depois que Deus levou meu anjo, me sinto assim, e bem assim mesmo, acredito que esta sementinha ficará guardada para sempre em nossos corações...acredito não, tenho a mais absoluta certeza...bjusss...sis