Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

domingo, 4 de março de 2012

Acabei de assistir o filme "Menino de Ouro"

Após varias indicações de amigos resolvi assistir...
No começo estava achando meio paradão, interessante mas devagar, porem o final do filme vale pelo filme todo...
Lindo, nos emocionamos Ricardo e Eu...
Nos fez refletir, falar sobre o assunto e percebermos o quanto nos entendemos, pensamos da mesma maneira, concordamos em todos os aspectos...
Indico esse filme a todas as pessoas, mas em especial a nós Mães e Pais amputados...
Ele fala sobre isso,
Sobre a perda de um filho,
Sobre a dificuldade em recomeçar,
Sobre Anjo...
É realmente uma linda história...
A dois momentos no filme que me chamaram mais atenção, a primeira é uma frase do Pai dizendo:
Como acreditar num Deus que destrói???
E a segunda é ele dizendo:
O amor que sentimos por um filho é maior de todos os amores que encontramos durante a vida a fora, é maior que tudo...
Em fim,
Não vou dizer mais para não estragar a surpresa de alguem que ainda não viu e ira assisti-lo...
APENAS RECOMENDO...
Assim de terminamos de assistir o filme, conversamos um pouco sobre a Letícia, o Ricardo disse,
Amor era para nós estarmos providenciando a festinha dela...
Ele disse também:
Se ela estivesse aqui estaria bem espertinha...
Então ele sentou em frente ao computador e começou a olhar o blog, observar as fotos dela que eu posto...
Chorei ao vê-lo sofrer...
De repente eu disse a ele:
Essa menina é minha vida...
Lembra amor, que com ela em meu colo eu vivia dizendo isso a você???
Pois é,
Ela continua sendo minha vida, embora tenha partido continua dentro de mim... Dentro de nós, ela é nossa!!!
E conclui:
Depois que ela nasceu ela se fez presente em todos os momentos de minha vida, mesmo quando eu não estava por perto meus pensamentos eram nela... Agora não é diferente, ela pode não estar por perto, mais meu pensamento é nela 24 horas por dia...
Ela continua em mim, viva dentro de mim, e é isso que me motiva... Embora a saudade pelo contato físico seja impossível de aguentar, a dor aumenta a cada instante, o amor que sinto por ela é maior...
Ele não me respondeu, mas sei que pensa exatamente como eu:
Vou repetir aqui a frase falada no filme:
O amor que sentimos por um filho é maior de todos os amores que encontramos durante a vida a fora, é maior que tudo... E complemento dizendo:
VAI ALEM DA VIDA E DA MORTE, É INFINITO, É ETERNO!!!
Com o tempo, tento acreditar que as coisas podem mudar:
Talvez a dor diminua, talvez eu aprenda conviver com a saudade, mas tem uma coisa que não vai mudar nunca, independente de qualquer coisa que possa acontecer...
O AMOR...
Esse não vai mudar, vai somente aumentar sucessivamente, até depois do fim!!!
NOSSO AMOR POR NOSSA FILHA É O QUE EXISTE DE MAIS CONCRETO EM NOSSAS VIDAS, AMAMOS MAIS E MAIS ESSA NEGUINHA LINDA QUE FOI CRUELMENTE ARRANCADA DE NÓS!!!
É isso,
Imagino que esse poste deve estar bem confuso, mas acredite:
É o melhor que consigo no momento...
Com amor, Fabi.

4 comentários:

Juliana disse...

Já vi o filme e gostei muito...
Admiro esse amor que vcs sentem pela Letícia e como tentam superar essa imensa dor,embora com grande aperto no coração...lembrem-se sempre dela e de todas as alegrias que esse anjinho trouxe à vcs...
Bjos...

Fabi disse...

Obrigada Juliana...
Vi seu blog, a Sabrina é linda!!!
Parabéns...
Beijos

Michele Carvalho Goulart Salomão disse...

Ohhh minha amiga, fico lendo suas postagens e fico sem palavras... Juro que quero escrever, tanta coisa para dizer, mas não sai, o coração não deixa...
A postagem anterior então... Nossa como mexeu comigo... Meu Deus, abril ta ai e cada dia que passa neste mês que antecede o aniversario da Lelê deve ser esmagador para vcs.... Como me dói (imagino para vcs) seu coração, o coração do Ricardo, das suas filhas... Apertados a ponto de faltar o ar.. Quero fazer uma linda homenagem a Lelê no aniversário dela no meu blog, ja vou começar a bolar algo para que não falte nada, pois apesar da ausência física ela esta viva no coração de todos.... Te adoro... Bjus.

Fabi disse...

Michele minha amiga especial, nem sei o que dizer a Vc... Seu carinho, seu apoio, seu colinho...
Puxa,
Obrigada por existir em minha vida!!!
Sei que essa homenagem vira do mais intimo de seu coração!!!
Te adoro mais ainda!!!