Música linda: "I'M YOUR ANGEL" É sim um Anjo em minha vida!!!

Música linda: "Eu sou seu Anjo"!!! É sim Letícia filha amada, Você é um Anjo em minha vida*** Obrigada por ser Minha (Tradução da música a baixo, no fim do blog)
E cada verso meu será, pra ti dizer, que eu sei que vou te amar, por toda a minha vida ♥

Amigos

Receba atualizações por email:

Amigas feridas, amigas Mães de Anjo...

Amigas feridas, amigas Mães de Anjo...
ESTAMOS JUNTAS ♥
No fundo...no fundo.
Como conseguimos sobreviver a isso?
As vezes me pergunto, exatamente como chegamos ate aqui. Algumas com 1, 2, 3, 4 , 5 anos ou mais desse luto dolorido. mas como? Como conseguimos termos vivenciado uma tragedia , tao grande, como essa em nossas vidas, e conseguirmos?
Como as outras mães dizem " Eu não conseguiria! Eu morreria junto!". No fundo, no fundo, nos também criamos nisso, não e? . Nos também criamos que se um de nossos filhos partissem antes de nos. Nos não suportaríamos. Nos morreríamos junto.
Mas...estamos vivas! Meia que mortas, devo confessar.
Meia que sem gracas. Sem o mesmo vigor, a mesma energia, a mesma capacidade de sorrir. mas chegamos ate aqui. Como?
Quanta saudades, e quanta dores, carregamos nesses nossos corações que doem..doem...doem.
Essa saudade machuca demais! E isso não eh uma " expressão", "uma maneira de dizer". Ela machuca mesmo! Eh literal!
E vamos assim machucadas, seguindo essa vida, quase mortas...senão de fato mortas.
As vezes, parece que nosso corpo sobrevive, mas nossas almas já partiram daqui no dia em que eles partiram. Acho que nossas almas subiram com eles, amigas.
Acho que não estamos mais aqui...
E se estamos com certeza estamos parcialmente, pela metade, pois parte da gente enterramos junto a nossos filhos.

Receba atualizações por email:

Recent Visitors

Ocorreu um erro neste gadget

Meu Bem ti vi ♥

Meu Bem ti vi ♥

sexta-feira, 9 de março de 2012

Mulheres Feridas que voam!!!

Minha Amiga Cassia Cohen esta idealizando um lindo projeto, com muito amor e com a mais pura intensão de ajudar a nós Mamães e Papais de Anjos...

A partir dai ela esta criando uma revista eletronica...
Para esse Projeto eu já enviei minha parte de minha história, não a parte destrutiva onde na maioria das vezes sinto dor de morte, e sim a parte privilegiada em ter sido escolhida por minha Princesinha para ser sua Mãe, amando de uma forma inexplicável e aprendendo com ela a maior de todas as lições, a de amar infinitamente, um amor que cresce a cada minuto... Mandei a Cassia Cohen essa linda história de amor, também mandei a ela uma linda foto de minha Pequenininha, e agora enviei a ela relatos de minha sobrevivencia a base de muita terapia e ant depressivo...
Falei sobre minha luta diária, sobre minha dor, sobre meu sofrimento... Porem quis ressaltar que meu amor por ela é maior que tudo isso, é maior que tudo mesmo... Todos os dias acordo e penso, que saudade filha linda, ajuda a mamãe a viver, preciso da força, preciso da sua luz, e assim tenho vivido... Ela tem me ajudado, tenho certeza...
Mandei a ela uma texto inormeeeeeeeeeeeee... (imaginem)...rs
Quando ela publicar postarei aqui no blog, por enquanto vou postar parte de tudo o que escrevi...

Comecei assim:

Oi Cassia, segue abaixo meus relatos sobre os tratamentos que tenho feito, sobre minha luta diária, sobre minha sobrevivência... Desculpe se não posso ajudar tanto, ainda estou ferida demais...
É isso, grandíssimo beijo em você, amiga linda!!!

E Conclui:

Mês quevem minha filha completaria1 aninho, 6 meses que tudo, absolutamente tudo perdeu o sentido, e a razão...
Continuo numa busca incessante de respostas... Vivo numa absoluta confusão mental, sem entender o porque isso aconteceu comigo, porque isso aconteceu com minha família, porque isso aconteceu com minha filha que foi tão esperada, tão desejada, tão amada...
As vezes enlouqueço de tanto pensar, pensar e perceber que não há resposta, não há justificativa, não há explicação...
Então penso, o devo fazer??? como conseguirei sobreviver a isso... Puxa, mistura de sentimentos, amor, dor, raiva da vida, saudade da minha filha... Os minutos vão passando sem que eu perceba, tudo perdeu a razão e eu continuo aqui, porque? Para que? Como???
Não sei,
Sobrevivo em meio a um turbilhão de sensações e sentimentos...
Hoje após quase 5 meses que minha pequenininha foi morar no céu, continuo com minhas terapias semanais com a Psicologa que tem sido maravilhosa a mim, e continuo com o tratamento com a Psiquiatra muito Querida, que tem se dedicado muito a me ajudar, sigo com os medicamentos, muitossss... a principio ela tinha me receitado 1 após o almoço, mês seguinte 2 após o almoço e 1 antes de dormir, no terceiro mês 2 após o almoço, 2 após o jantar e 1 antes de dormir...
Não sei falar sobre esses medicamentos que tomo, os efeitos que eles me causam... Eles me ajudam a viver, mas não diminui a minha dor, a própria medica me explicou assim:
Fabiana esses medicamentos servem para te ajudar a enfrentar esse momento difícil, infelizmente eles não são capazes de fazer o coração parar de doer... Isso minha linda, só otempo, esses medicamentos servem para te ajudar enquanto esse tempo não chegue...
Em fim,
Tenho tomado, tenho feito tudo oque me mandem parat entar sair desse buraco escuro, parar de sofrer, não quero... Perdi minha filha, quero sofrer para sempre, ainda que eu vive 100 anos e chore todos os dias, ainda sim, sofrerei pouco pela minha filhinha...
Tudo que quero é tentar entender...
Então minha medica me diz:
Entender o que Fabiana???
E eu respondo:
NÃO SEI DOUTORA...
Clinicamente já entendi o que aconteceu com minha pequena, mas sei que existe algo além disso tudo, e é exatamente isso que quero entender...
 
É isso,
Imagino que tudo o que escrevi seja confuso, me perdoem, eu mesma tenho dificuldade em me entender, faço ideia os outros...

Contudo os tratamentos, a Psicologa, a Psiquiatra, as terapias, os remédio, continuo assim, sofrendo desesperadamentea ausência física de minha filha, enlouquecidamente confusa, porem seguindo... DILACERADA, mas seguindo!!!
Encontrei também outra terapia que me ajuda mais que as outras, essa terapia chama-se:
Quando o grito esta preso na garganta é porque o coração esta cheio a ponto de transbordar, nessa hora preciso colocar para fora toda minha angustia, todo meu sofrimento, todo o meu amor a minha filha linda... Porem, nem sempre encontro com quem dividir tudo isso, no começo ficamos rodeadas de pessoas solidarias a nós, porem conforme o tempo vai passando, a vida das pessoas segue seu percurso natural, tudo caminha, só nossa vida que estaciona... De repente estamos só... Então encontrei uma maneira de falar, gritar, esbravejar, e sobre tudo amar minha filha, escrevendo... escrevendo... escrevendo...
Relato tudo o que se passa em minha vida, transformo em palavras todo os meus sentimentos, isso me acalma, isso me ajuda a viver!!!
Agora sim, a maior de todas as terapias, Minha família:

Ricardo, meu marido lindo que amo exageradamente, baita companheiro, sofre como eu, e tem sido mais forte que um leão ao cuidar de mim, dedicar-se a mim...
E minhas filhas: Karoline (13 anos) tem sido maravilhosa, mais minha amiga do que minha filha, por muitas vezes, invertermos os papeis, ela cuida de mim...
E a florzinha Gabriela (10 anos) que me acaricia todos os dias esbanjando carinho, e amor...
A eles tenho que agradecer toda sensibilidade, por entenderem minha dor, meu coração partido, e meus porques??? Sem cobrarem nada de mim...
Diariamente eu falo a elas:
Mamãe não esta assim porque perdeu a Letícia, Mamãe esta assim porque perdeu uma filha, um pedaço de mim... Mamãe estaria do mesmo jeito se ao invés da Letícia tivesse sido com qualquer uma de vocês... E elas me respondem:
EU SEI MÃEZINHA!!!
PARA MIM, ISSO É O QUE IMPORTA, QUE ELAS ME ENTENDAM... Embora muitos me juguem por sofrer demais pela aquela que partiu deixando muitas vezes as outras de lado, quem realmente me interessa, me entende!!! Minha família me compreendendo, aceitando-me pelo sobrou de mim e não exigindo que eu volte a ser quem um dia eu fui, me basta... Pois nunca mais serei completa, nunca mais serei plena... Serei para sempre uma Mãe mutilada, uma esposa ferida, uma mulher aos pedaços!!!
E por fim, mas não menos importante, recebo uma ajuda extra de sobrevivência, falo de minhas novas amigas do coração: Amigas Mamães de Anjos como eu, amigas com o coração dilacerado como o meu... São muitas, seria injusto citar nomes, pois poderia esquecer de alguém, então digo um OBRIGADA coletivo a todas as minhas amigas de alma... Dia após dia venho conhecendo mais e mais Mulheres feridas que voam como eu, e como Cassia cohen, em cada historia a mesma dor, a mesma angustia, os mesmos porques, as mesmas saudades e o mesmo AMOR a nossos Anjos... A elas ofereço meu ombro para chorarem e ao mesmo tempo peço colo e recebo com amor... Assim seguimos, JUNTAS, nessa caminhada dura da vida... UMA AJUDANDO A OUTRA...
A cada dia se achega mais amigas, algumas nem são Mães de colo vazio como eu, mas se colocam em meu lugar e a mim oferece amor... Mas uma vez não vou falar nomes, posso esquecer de alguém... Porem, você que esta lendo agora sabe a quem me refiro... Obrigada amigas especiais, amo vocês!!! Aprendi que só, é mais difícil, acompanhada fica mais fácil seguir... Essa estrada cheias de espinho, mas é preciso seguir!!!
LETÍCIA VEIO E ME ENSINOU A MAIOR E MAIS BELA DE TODAS AS LIÇÕES:
O AMOR SEM MEDIDA, SEM LIMITES, AMOR QUE SOBREVIVE A TUDO, ATÉ A MORTE!!!
PRINCESINHA DA MINHA VIDA, TE AMO INFINITAMENTE, TE AMO ENQUANTO EU VIVER, TE AMO ATÉ MESMO DEPOIS QUE EU MORRER, MEU AMOR POR TI É ETERNO... OBRIGADA POR EXISTIR NA MINHA VIDA, OBRIGADA POR SER ETERNAMENTE MINHA!!!

Grande abraço,
Fabi...
Mamãe da Letícia Potinho de Ouro!!!

6 comentários:

Elis Marques disse...

Com o tempo.... vai -se aprendendo a CAIR....
Com o tempo, você APRENDE A SE LEVANTAR ANTES
MESMO DE CAIR!

A DURAS PENAS, juntos, unidos, no mesmo balanço, no mesmo tronco, nas mesmas penas!
OS SEMELHANTES, se atraem!
ADOR QUANDO COMPARTILHADA ELA É AMENIZADA... ENTÃO VAMOS CONTINUAR A SUAVIZAR NOSSAS PENAS E MANTER-MO-NOS NO MESMO RAMO BEM UNIDAS COMO IRMÃS.

FABI, MINHA QUERIDA AMIGA-IRMÃ DE COLO VAZIO E CORAÇÃO FERIDO QUE SANGRA DIARIAMENTE... DEIXO AQUI MEU ABRAÇO MAIS APERTADO E MEU CARINHO MAIS SINCERO... BEIJOS.

Fabi disse...

Obrigada Elis, Você minha amiga Mamãe Orfan como eu, tem me ajudado a viver... Obrigada por me estender a mão, estendo a minha a você também... Calejadas, uma ajudando a outra!!!
Abraço apertado em vc também!!!

Kathia Porto disse...

Amiga igual a eu de colo vazio e alma partida e coração quebrado te agradeço MUITO pelo seu blog e pelo carinho q tem por todas nós vc disse q agente te ajuda mais na verdade aqui eu me sinto em casa acolhida por vc por dividimos o nossos sofrimento e dor.Fabi depois q conheci não só o seu blog mais muitos outros não me sinto sozinha nesse túnel sem saída,nessa vida sem sentido e sem felicidade nunca podemos nós encontrar mais t digo vc esta sendo uma irmã e família para mim infelizmente dessa forma através da perda enfim amiga obrigada um grande abraço bem APERTADO conte comigo sempre estou aki orando por vcs bjus.

Marla Desanoski disse...

Amiga, sou solidária a sua dor, pois conheço a sua dor, achei interessante o que vc disse, "mãe de colo vazio" nunca tinha pensado nisso...Agradeço por sempre lembrar de mim, fico feliz em saber que posso te ajudar, mas vc me ajuda muito tambem, sabe cada resposta, cada comentario, cada curtir, sinto vc amigaperto de mim me dando força uma dando força pra outra...

Vc vai sair dessa, eu acredito muito e sei que no fundo vc acredita tambem...bjusss amo vc!!!

Michele Carvalho Goulart Salomão disse...

Amiga, que carinho, que amor... Quero mto ler na integra!!!
Fico feliz em saber que de alguma forma te ajudo, a se sentir um pouco melhor, mais confortada(apesar que, mtas vezes nenhuma palavra é capaz de confortar um coração mto machucado) Uma coisa é verdade Fabi, a vida segue, as vezes para rumos totalmente diferentes, mas quem realmente se importa sempre terá um tempinho do dia ou até mesmo da semana para querer saber noticias suas... Sei que não sou mãe de anjo, e mesmo dizendo que entendo esta dor...... Não.... Não entendo, eu sei!!! É Uma dor inesplicaver e mortal demais para sentir... Mas mesmo assim sinto 1% deste sentimento e meu coração aperta, então nessa hora é que te entendo e não te julgo por sofrer tanto, pelo contrario, te acho até forte d+, pois eu, como ja havia dito anteriormente, não teria forças para NADA....
Saiba q pode contar comigo ta?!?!? Bju grande Mi.

Fabi disse...

Marla, Katia e tantas outras Mamães de colo vazio que tenho conhecido, Vcs me entendem, sofre como eu, tem os mesmos porques??? e ama como eu nossos filhos, nossos Anjos!!! Como é difícil sobreviver a isso, porem de uma coisa tenho certeza, sem a ajuda de Vcs seria impossível... Obrigada por aceitar dividir comigo suas dores, suas angustias... Por muitas vezes peço colo e recebo com muito carinho... DILACERADA ofereço a vcs o mesmo colo, o mesmo carinho... Com muito amor... Não temos muito, mas temos uma a outra... Conte comigo sempre, amo Vcs... E a Michele, minha amiga de colo preenchido, nunca encontrei alguém tão solidário quanto Você, Que coração lindo Vc tem, consegue sentir minha dor mesmo vivendo uma situação tão diferente... te amo demais, obrigada por ser tão especial para mim!!!
Nunca imaginei encontrar amigas tão especiais como vocês... No pior momento da minha vida encontrei amigas verdadeiras!!!
Abraço apertadíssimo em Vcs!!!