Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Voe por mim minha avê menina

Ontem eu ria com você e hoje já não posso mais , enterrar um marido deve ser doloroso... um pai e mãe dói muito... mas enterrar um filho é indiscritivel... é contra a natureza... é uma dor que não tem nome...Você morreu sabendo que estava morrendo e não teve medo... somente sabia que cumprira o seu caminho e partiu em lágrimas...Deixou atrás de si um amor enorme, uma lembrança que não vai se apagar... uma saudade da tua ausência... pois saudade é a ausência do que não podemos mais ter...E eu vou te procurar filha ... vou te procurar sempre .. seus olhos eram negros como a noite, e és a noite agora... teu riso era como vento, és o vento agora... vou te ver em cada arvore, em cada flor... em cada por de sol... em cada sorriso... você agora é o céu, é o ar, você agora é tudo... eras sábia em tua pouca idade e agora vai ter todas as respostas as suas perguntas.. eras destemida e de nada teve medo, nem da morte que se avizinhava... Para nós que ficamos resta a lembrança, a saudade... de um tempo que não mais voltará...E para onde foi todo este amor que tínhamos? Não se perdeu... ficou em nossos corações, na semente que plantaste.. nas lágrimas no rosto dos amigos, no sorriso apagado e no ar espantado deles pensando – como? Porque? espero que tua jornada tenha sido boa, pois aqui ela já chegou ao fim e chegastes ao teu destino... ai de onde estás agora sabemos que nos vê.. mas nós não te vemos.. somente sonhamos que vemos teu rosto sorrindo como sempre fez... teus olhos, teu rosto de menina..Voe por mim minha avê menina, voe por mim... voe bem alto lá no céu...Te amo e sempre te amarei... a“Adaptado do texto final do Livro “África dos meus sonhos” quando a mãe Kiki se despede de seu filho Emanuel “
Letícia meu mundo, meu tudo...
És tudo, é minha vida, meu sonho, meu mundo, meu tudo... És tudo Pequenininha , TUDO Princesinha da Mamãe e do Papai também!!!

2 comentários:

Ana Lucia Decorações disse...

Lindo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!




em Lagrimas.............


E ela muito feliz pela mãe maravilhosa que tem.............

bjus amo vc....

Ju Yanai disse...

É muito doloroso mesmo...
E vejo o quanto tem sido forte e vitoriosa por estar conseguindo suportar essa saudade.
Acabei de ter um aborto espontâneo e mesmo não o conhecendo ele já era querido por todos aqui...Já tinha até feito as contas,quando ele nascesse a Sabrina estaria com 1 ano e 4 meses...
Procuro não me abalar,pois a Sabrina fará uma cirurgia quando atinjir 7 kg e sei o quanto ela vai precisar de mim...
Ah!!!Fiquei muito feliz com a postagem da sua irmã e saber que posso contar com ela.O mais interessante é que vcs são de Suzano...Eu morei em Mogi das Cruzes e morei 4 anos em Itaquaquecetuba...Eramos vizinhas,e nunca nos vimos...
Se precizarem,estarei sempre aqui...
Bjos...