Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Corações Feridos...

Aprendi a ser um tipo diferente de mãe, de não chegar a beira do berço para ver se está tudo bem, ela nunca estivera naquele berço. Aprendi a ver seu quarto vazio e tentar achar que isso é normal. Aprendi a pedir pela manhã toda noite, por ser tão difícil dormir sem você. Eu tive que aprender a rezar de outra maneira pois meu Deus apesar de levar minha bebê, fez isso por algum motivo muito... justo, pena que eu ainda não entendo... Entre choros e sorrisos estou aprendendo a conviver com a dor de perder minha filha tão perto de tê-lá nos braços. Eu sou uma mãe especial, eu sei, mãe de 1 anjo especial. Aprendi, mas isso não ameniza a minha dor. Mal podia esperar o dia de seu nascimento, mas me vi colocando flores num túmulo.
Aprendi que somos mães desde a concepção. Sempre me alegrei com o meu presente, com cada consulta, com cada ultra durante todo o pré-natal e planejava com muita felicidade o futuro que teríamos juntas. Não houve futuro, não aquele que eu sonhei... Hoje sou a mãe que chora todo dia, que olha para barriga vazia e passa a mão com saudades... Não sou aquela mãe que diz não, que ensina, sou uma mãe que suplica e se pergunta como estará minhas filha? Mãe que pede que o inverso do universo aconteça, ao invés de eu cuidar dela, ela que cuida de mim. Isso é ser mãe especial, diferente. Mas como eu queria ser normal!!! Aprendi que quando um filho morre, você acha que vai morrer, mas não, você aprende a conviver com a dor para aprender a sobreviver....
Sem mais... Renielle Mamãe do Anjo Nicoly!!!
Para Reni eu disse:
Posso te dar um abraço on virtual???
Sinta meu abraço minha amiga querida, de alma, de saudade, de amor a nossas Princesas!!!
Fabi.
Davy: Filho eu queria por mais um minuto apenas tê-lo aqui comigo... queria estes 60 segundos para te abraçar bem forte e sentir a maciez da sua pele, sentir teu cheirinho gostoso(te juro não há perfume mais gostoso do que aquele que saia da sua pele)... hoje eu vi uns gurizinhos vestidos de cowboy(acho que dançaram na escolinha) e automaticamente lembrei de você e senti tanta saudades do que a gente não viveu, não tem um dia que eu não pense em você, a falta que me faz chega a doer fisicamente. 
Depois que você se foi, tudo foi ficando cinza, sem cor, você trazia tanta cor, mas você foi e levou o aquarela com você e agora nada mais tem pintura. Por isso o céu anda tão colorido de dia e brilhante à noite... além de um anjo, tiveram de volta todas as cores do arco-íris.
Enquanto aqui meu amor... falta cor, falta chão, faltam abraços com beijinhos de manhã, faltam as risadas, faltam as brincadeiras, faltam os carinhos, falta birras, falta alegria, falta força, falta você e me sobra tristeza e muita saudades... você é o meu anjo, e para mim o anjo mais lindo desse céu. Enquanto eu viver, você existirá.
Eu te amo muito, sempre vou amar...
  ♥
Mamãe Elis.
Para Elis:
É isso, depois que a Letícia foi para o céu até o sabor perdeu o gosto, nada mais é tão gostoso, nenhuma sensação é tão boa, nenhuma novidade me interessa tanto, nenhum medo me aflige mais... Realmente tudo perde o sentindo e a razão!!! Mas você esta certa e disse tudo: ENQUANTO VIVERMOS ELES CONTINUARÃO EXISTINDO!!! E digo mais:
SÃO NOSSOS, NOSSOS PARA SEMPRE!!!
Fabi.
Minha amiga Renielle mora em goias, Elis no Rio, as conheci a pouco tempo nas estradas virtuais da vida onde caminham mães de corações partidos, sonhos roubados, felicidade interrompida.
Hoje meu coração, da Renielle, da Elis amanheceu assim aos pedaços, saudade gritando em nossos peitos, infelismente isso não é uma simples coincidência, infelismente isso tudo faz parte da realidade de cada uma de nós, nossas e de tantas mãezinhas dilaceradas que conhecemos diariamente...
A Notícia boa de hoje foi o encontro que minha amiga Marla teve em sonho com seu Anjo Miguel, imagino como deva estar feliz, me sinto feliz também por você!!!
Hoje, cabeça confusa, sentimento estranho, vontade de chorar o tempo todo, saudade extrema, desejo imenso de beijar, beijar, beijar, abraçar, abraçar, abraçar minha filha amada...Meu coração voa para te encontrar filha linda...Sinta meu abraço, sinta meu carinho, sinta meu amor por ti!!!
Mamãe Fabi!!!

Das lembranças que trago da vida, você é a verdade que gosto de ter... Só assim, sinto você bem perto de mim, OUTRA VEZ!!! Coração cheio de saudade e amor!!!
Letícia, amor maior de nossas vidas, amamos infinitamente ♥ Mamãe, Papai, irmãs.

2 comentários:

Renielle disse...

Obrigada amiga!!!
Vc sempre me surpreendendo né sua danadinha..AmOoOo
Depois te mando um texto que achei, quando li me lembrei de vc na hora, me emocinou bastante..Bjosssss

Marla Desanoski disse...

Realmente Fabi, fiquei muito feliz, o sonho vou te contar em detalhes sim, tá...Nossa vc tem sido uma das minhas grandes amigas, amiga com quem posso contar, posso desabafar e vc o mesmo tá sempre quando precisar ou querer, AMO VC ,minha lindaaa