Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Saudade esta doendo...

Dias difíceis, diferentes, tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo... Emoções misturadas, sensações estranhas, saudade gritando dentro de mim, dor, amor maior!!!
Experiências novas, sabe quando alguem diz alguma coisa e em seguida acontece?
Quem ja teve a sensação de viver algo que acredita ja ter sonhado?Dejavu...
Estou vivendo uma faze assim:
Alguem me diz, dias depois outra pessoa nada haver confirma, sonho, dias depois leio algo explicando exatamente o que o sonho quis dizer, penso em algo de repente aparece pessoas com a mesma ideia disposta a me ajudar...
O que sera isso?
Que sou uma pessoa sensível eu sei, que tenho um Anjo único e exclusivo a me ajudar, proteger, iluminar também sei, que existe mais coisas entre o céu e a terra do que nossos olhos possam enxergar, também sei. No entanto ainda consigo me surpreender com certas magias da vida. Percebi que tenho me mexido mais, tenho feito mais coisas, tenho feito mais planos, tenho arriscado mais, planejado mais, sonhando alto, tenho tido muitos retornos, muitas respostas, alguma motivação, sei que tudo isso é uma luz que me ilumina, um Anjo que me abençoa, minha filha que impulsionando a viver... Ta, confesso, tenho dias piores outros melhores, estou aprendo a conviver com isso também, recaídas tem feito parte do meu dia a dia.
Quinta feira por exemplo, feriado fomos marido e eu fazer compras, mercado cheio e eu com calafrios por todo o corpo, minha visão completamente turva, e uma suadeira difícil de conter, de repente escuto:
Pela mamãe, pela...(espera)
Quando olho, é um tiquinho de gente, devia ter no máximo 1 ano e meio, andando meio cambaleando ainda atrás de sua mãe, pensem na cena, eu paralisada em pleno mercado lotado, observando uma menininha correndo atrás de sua mãe que parecia não dar a minima para a menina, menina linda, branquinha, cabelos pretos #tonhoionhonhonhem#.
Fiquei paralisada por alguns minutos, até que o Ricardo se aproxima de mim e diz: Amor vem ver, quando eu olho outro bebezinho no conforto do carrinho, neném recém nascido todo enroladinho com um cobertorzinho igualzinho o da Lelê...
Ai como é doloroso imaginar tudo o que deixamos de viver, alias tudo o que temos que aprender a viver de uma maneira diferente...
Avistei uns vestidinhos de quadrilha e pensei, nossaaaaaaaaaa, não vou aguentar.
Vim embora com aquela terrível sensação de perda...
Com o coração doendo de tanta saudade, não aguentei e chamei:
Filha vem visitar a mamãe, vem...
E não é que ela veio... Sonhei com ela mamando, mas era tanto leite em meus seios, tanto que ela não dava conta, o leite jorrava, acordei feliz, agradeci a ela pela visita. Ontem uma visinha estava com a filha dela em frente nossa casa, a menina tem um ano e pouco também, é meio jogada, judiada, a mãe não liga muito, canso de ver a menina de pé no chão, colocando pedra na boca, sozinha no quintal da casa, na garoa, mexendo com agua, em fim.
Ontem a menina tava fazendo birra para entrar para dentro de casa, a mãe pegou ela de uma maneira bruta, a chupeta caiu na poça de água, ela simplesmente pegou a chupeta da água suja, onde pessoas pisam, cachorro faz xixi e colocou na boca da criança... Nossaaaaaaaaaaaaaaaaa, doeu ver aquela cena...
Inevitável não pensar:
Puxa, eu não faria isso, sei que não faria mesmo, pois tenho 3 filhas e jamais fiz ou faria isso com nenhuma delas.
Fiquei triste novamente, vontade de me isolar do mundo para não ter que ver esse tipo de coisa.
Hoje acordei totalmente indisposta, não fui para hidroterapia, vontade de dormir, dormir, dormir e não mais acordar.
Agora pouco entediada com um desanimo total falei.

Anjo bom da minha vida, ajuda a mamãe, ajuda Filha...
Me arrastei até a internet pois tenho um milhão de coisas para fazer,  de cara vi esse texto lindo que minha amiga Mircia Mamãe do Anjo Paulinho mandou:

Que na esquina de todas as dores, o amor seja o aconchego, o colo de que se necessita...
Que na travessia da solidão, haja o preenchimento de nós mesmos por dentro como a melhor companhia...
Que não falte amparo quando o abraço esperado estiver longe.
... E que na nossa rotina de dores,seja sentida como forma do amor q sentimos e da saudade deixada, que mesmo com todas as lacunas e vãos, possamos cumprir, nesta existência, lindamente a nossa missão...ser mamãe de anjos,
E esperar bravamente pelo reencontro com nossos filhos(as) amados...
 "Unidas somos mas fortes"

Sei que ela me ouviu e de la me enviou forças, levantei e estou aqui, pronta para mais uma batalha.

Obrigada pequenininha Anjo da minha vida, te amo mais tudo...

3 comentários:

Marla Desanoski disse...

Dias dificeis, né amiga...sei bem o que é isso ultimamente tenho vivido dias tão dificeis, dias de desanimo total, nossa tatas provações que tenho passado viu, mas a mior delas e a saudade que tenho do meu caçulinha, não tem como ver uma criança de 1 ano e pouco e não lembrar, sempre vejo casos parecido de crianças dessa idade largada mãe cem nenhum tipo de cuidado, nossa é revoltante, é complicado dizer...
Mas estamos juntas nessa batalha dificil, mas pode ter certeza somos mães especiais para os nossos anjinho e para Deus, hoje não entendemos o porque, mas um dia vamos ter a respostas pra isso tudo e pode ter certeza por mais dificil que seja, Deus tem um plano pra vc, eu creio muito nisso...
Te amo amiga linda, mil bjussss...

Thyara Melo disse...

Amiga tá difícil né, ou melhor é difícil, vc escreve essas lindas palavras em forma de experiência e eu me enciaxo direitinho em cada detalhe, é incrível, mais acho que mães de anjos tem uma certa sintonia, passamos a sentir, pensar e agir da mesma forma... talvez seja por isso que consigamos nos entender melhor e assim ao trocar experiências nos ajudamos de tal forma que nem nós mesmas nos damos conta... enfim pra resumir acho que é um misto de sensações e emoções... amiga te desejo tudo de mais especial e que de lá de cima nossas princesinhas nos cubram de bençãos do céu... fica com Deus e se cuida!!! beijinhos Thy!

Gi e Eder disse...

Oi Fabiana, acompanho seu blog a algum tempo .. vejo suas lindas palavras em homenagem a sua filhinha que se foi. Perdi meu bebe também, mas ele nasceu já sem vida .. é muito triste e devastador..
Entra no meu blog ..

http://gislaineder.blogspot.com.br/

Beijos,
torço muito por você viu !