Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

1 ano e 3 meses que o sol perdeu o brilho.

1 ano e 3 meses que tudo, absolutamente tudo perdeu o sentindo e a razão... Durante todo esse tempo muita e pouca coisa aconteceu, todos os dias faço e refaço a mesma pergunta:
-Porque?
E ainda hoje não obtive resposta, para ser sincera nem mais espero por resposta alguma, não sei nem o porque de continuar perguntando, porem o pergunto sempre e inúmeras vezes o porque:
Porque que tem que ser assim???
Porque uma filha tão amada, tão querida vem para uma família que o deseja, o ama, o zela para partir tão cedo? cedo demais???
Porque uma criança pura e inocente nasce doente? porque precisa partir deixando tanta saudade e tanto amor reprimido???
Não adianta, nunca irei me acostumar, tão pouco aceitar...
O tempo vai passando e quanto mais o tempo passa, mais sem sentido fica, minha cabeça um mar de confusões, da minha boca um mar de lamentações. Vejo as pessoas se afastarem, os entendo e mesmo assim me magoou, sinto falta de ter uma vida normal, porem sinto muito mais falta da minha filha, da alegria plena que ela me proporcionava, do carinho, do afeto, do amor de um bebe ao ser amamentado por mim, segurando em minha mão.
Continuo falando, falando e falando, chorando, chorando e chorando entre as pessoas que me restam ou até  mesmo sozinha...Se eu não falar eu morro, juro que morro.
Gritar todo meu amor a minha filha é o que me mantem!!!
Hoje 1 ano e 3 meses após a partida da minha filha penso nela com saudade, e com dor, sentindo a dor da separação, mas acima de tudo com amor.
Entre todas as coisas uma certeza, a que não abriria mão desse amor por nada nesse mundo, nem mesmo pela dor que infelizmente faz parte de nossa história.
Eu sei que vou te amar, por toda a minha vida eu vou te amar, em cada despedida eu vou te amar, desesperadamente... EU SEI QUE VOU TE AMAR*

2 comentários:

Marla Desanoski disse...

Minha linda e querida amiga Fabi, quero te dizer algo muito importante, faz um tempinho que não nos conversamos, falta de tempo não sabemos o motivo, mas quero que saiba, não quero que se sinta desamparada, continuo te dizendo, estaremos juntas sempre, eu entendo perfeitamente esse seu sentimento, nós mudamos o nosso jeito de ser é obvio um pedaço nosso falta, não tem como ser feliz como eramos antes, eu digo isso por mim, eu era uma pessoa tão feliz, realmente me sentia completa, hoje não me sinto mais, mas temos que tentar ser felizes, pelo nossos filhos que ficaram e pelo nossos anjinhos que moram no céu, não é facil, mas temos que tentar, mas olha eu mesmo, ultimamente guardo os meus sentimentos e minhas saudades para mim, estou de saco cheio de tentar desabafar botar pra fora um pouco desta saudade e as pessoas dizer, "ah! Deus sabe que faz", "vc tem dois filhos lindos", "entrega pra Deus" etc, sei de tudo isso, seí que Deus sabe de todas as coisas, sei que tenho meus filhos eles são a alegria da minha vida, estou ainda tentando entregar para Deus, mas o Miguel é meu filho poxa!!! sinto falta dele...mas infelzmente as pessoas esquecem e quer que a gente esqueça também, daí eu preferi, vou sofrer sozinha, quando a saudade vem a tona, vou dormir mais cedo e choro até dormir, e no outro dia acordo melhor, desabafo muito pelo face também, pois as minhas amigas me ajudam muito...é isso amiga partilhei um pouquinho pra vc que eu te entendo e estamos juntas, tá,amo muito vc, e olha, vc não esta sozinha não, quero que saiba que vc tem uma pessoa que lembra sempre de vc nas minhas orações, bjusss minha linda fica sempre com Deus, espero conversar com vc em breve!!!

Kathia Porto disse...

Oi Fabi.
Saudade essa q dói...essa saudade eu nunca deixarei de sentir vivera eternamente comigo estarei marcada pela saudade e pelo amor q sinto pelo meu anjo.
Sinta se abraçada por mim amiga.
Fique em paz.