Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

quinta-feira, 7 de março de 2013

Sonhos de amor


Noite Anterior sonhei com a Letícia, linda toda de branco, ainda bebe... Lembro-me que estávamos todos em casa como antigamente e eu precisava sair para algum lugar, a principio levaria ela, mas ela acabou adormecendo em meus braços, então minha Mãe dizia:
Não leva ela não, deixa-a comigo, pode deixar que cuidarei muito bem dela, no começo resisti, pois queria mesmo levá-la comigo de qualquer jeito, mas minha Mãe insistia dizendo que se eu a levasse acabaria judiando dela já que ela estava dormindo um sono tão profundo... Então a coloquei dormindo no sofá que ficava de frente a poltrona onde minha Mãe estava, ajeitei bem ela para ela ficasse muito confortável, coloquei almofadas que impedissem que ela caísse, a beijei e a deixei aos cuidados de minha Mãe...

Acordei feliz, pois em um único sonho pude amenizar a saudade que sinto pelas duas, acordei aliviada por deixado-a sobre os cuidados de minha Mãe... Sim, ela cuidara da Letícia melhor que eu mesma cuidaria, acordei pensando até onde tudo isso é sonho e a partir da onde começa a ser realidade, acordei tentando desvendar os mistérios desse sonho, e ao refletir muito cheguei à conclusão que sim, preciso sair, e ficar carregando a Letícia em meus braços pode ser desconfortável a ela, e puxaaaa... Ela tem a vovó a protegê-la a cuidar, a bajular, a ninar...
Mas, é tão difícil sair e deixar para traz um pedacinho da gente, mesmo que esse pedacinho fique a salvo com a pessoa de maior confiança do mundo, a pessoa que como a mim deu a vida a alguém, cuidou, protegeu, amou como ninguém... E esse alguém fui eu, então não há ninguém melhor nesse mundo para saber que a Letícia estando com ela esta nas melhores mãos que poderia estar do que eu mesma que recebi de minha Mãe tudo o que há de melhor nesse mundo.
A ela minha Mãe, minha Rainha só posso agradecer, agradecerei eternamente por todo esse cuidado e amor que antes era oferecido a mim e hoje ela oferece a minha filha, sua neta caçula Letícia.

Nessa noite sonhei com outro Anjo, um Anjo muito lindo, muito especial, muito querido chamado Davy Marques, filho da minha amiga tão querida Elis Marques, sonhei que estava no Rio de Janeiro no apartamento dela, que ficaria La alguns dias, no berço havia um bebe lindo e gorducho sorrindo para mim, Davyzinho esticou os bracinhos e veio no meu colo, senti seu peso, seu cheiro, puxaaaaaaaaaaa foi incrível... Ao levá-lo para a sala uma de suas sandálias caíram de seus pés, e ao tentar colocar senti dificuldade, pois o pezinho era tão gordo que parecia mais uma bisnaguinha... Lembro que falei a ele que comeria seu pezinho, e mordia bem devagarzinho e ele por sentir cócegas dava altas gargalhadas, riamos todos, eu, ele, mamãe Elis...
Aiii delicia de sonho acordei feliz e sentindo uma necessidade imensa de dividir isso com a Mamãe Elis.

Elis minha Linda, nossos filhos estão bem, estão vivos, estão felizes no céu... Acredite!!!
Como viu, na Noite anterior sonhei com a Letícia, ela dormiu praticamente o sonho todo, mas acordei feliz, pois a senti em meus braços novamente, seu peso, seu cheirinho de suco de uva, nessa noite fui dormir pedindo para sonhar com ela novamente, mas quem veio me visitar foi o Davy... Fiquei a pensar, como pode agente sonhar com alguém que nem ao menos conhecemos? E a resposta surgiu logo em minha mente com ênfase de interrogação...
Quem disse que não???
O Davy é um amiguinho muito especial da Letícia, companheirinho dela no céu...
E você é muitíssimo especial para mim, companheira de luta na terra... Lutamos juntas para superar a batalha mais difícil que existe, A SAUDADE AQUELES QUE AMAMOS MAIS QUE TUDO NESSA VIDA E EM TODAS AS OUTRAS QUE JÁ VIVEMOS E QUE AINDA VIVEREMOS...
Esse sonho serviu para mim alem de sentir seu pequeno em meus braços, a sensação maravilhosa de acordar no dia seguinte sabendo que um anjo veio me visitar, a certeza de algo que te digo sempre, agora afirmo com mais certeza, mais conhecimento de causa:
ESTAMOS JUNTAS.

Um comentário:

Elis Marques disse...

Que lindo Fabi... estou aqui segurando as lagrimas(estou no serviço)... quando ele era bb, o pezinho dele era bem gordinho mesmo... obrigada minha amiga, por compartilhar comigo este encontro e muito obrigada pelo carinho que tens por mim e pelo meu anjo... nó amamos vc e nossa potinho de ouro... sem palavras...