Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

sábado, 22 de junho de 2013

Estadia forçada em hospital São Luiz Anália Franco.

Tudo começou a uns 15 dias, primeiro falta de ar e indisposição para dormir, depois cansaço em fazer qualquer esforço e por ultimo dor no tórax, segurei enquanto pude mas acabei mesmo parando no hospital.
Ao chegar no hospital São Luiz de ambulância (pois essa foi a iniciativa exagerada da empresa onde trabalho quando pedi apenas por uma carona), foram logo fazendo muitos e muitos exames que constatou infecção. Onde? não descobriram, foram 6 dias de internação, exames e mais exames e a conclusão foi que não descobriram aonde esta a  infecção, disseram que foram descartando as possibilidades mais perigosas como qualquer alteração cardíaca que era característico dos sintomas, gripe HN1, e Pneumonia, também característico. Sabiam que eu estava enfrentando uma crise de asma, mas não tinha relação ao pulmão sendo assim não tinha relação a infecção, porem a infecção acusada no exame de sangue era fato, mas por eu estar gravida quiseram polpar o bebe de exames mais agressivos (como por ex. tomografia) que poderiam de alguma maneira prejudicar o bebe e eu concordei, mas que isso, me recusei a fazer esses tais exames.
De qualquer modo entraram com antibiótico para combater a tal infecção o que de fato aconteceu, dia após dia eram colhidos exames, muitos e em cada dia os exames mostravam que a infecção diminuía até que finalmente hoje normalizou e eu tive alta.
É muito angustiante ficar numa cama de hospital, vendo as pessoas dos quartos ao lado tendo alta e você ficar sem previsão de alta e pior sem que saibam te explicar o que você tem.
Sentia muita agonia de ficar la trancada, ansiedade para vir embora, saudade das filhas, da pink, da casa e por mais que meu marido fosse la todas as noites sentia falta de dormir agarradinhos como dormimos sempre. Durante o dia minha sobrinha linda Natália me fazia companhia, conversávamos, ela me distraia bastante, recebi também a visita da minha irmã loira Miria e todos os dias ligações da minha irmã Ana e da Amiga Erika. Logo na primeira noite a visita do cunhado Márcio que teve a dedicação e o cuidado de passar a noite mal acomodado em sofazinho pequeno para não me deixar sozinha. Falava muitas vezes por dia com a Karol e Gabi que se portaram como umas moças mantendo e cuidando da casa com carinho e amor. Meu amor Ricardo trocou nossa cama por um sofazinho só para estar ao meu lado. E mesmo diante a tudo isso cheguei a sentir tristeza por estar la, só não senti solidão... Algumas noites passei sozinha no quarto do hospital, uma enfermeira perguntou para mim se eu não ficava com medo e logo respondi que não e pensei:
TENHO UM ANJO EM MINHA VIDA!!!
É incirvel como nunca mais me senti sozinha nessa vida, em momento nenhum, em circunstancia alguma, pois sei que minha filha anda junto comigo, que estamos juntas e jamais estarei sozinha.
Bom, para finalizar vou resumir dizendo que estou bem melhor, os exames comprovaram que não tenho mais infecção e a asma esta controlada. De algora em diante precisarei de acompanhamento com o pneumologista para estarmos controlando essa asma, o cansaço e investigando a razão dela, tenho uma consulta agendada já na quarta feira.
Falta de ar e dor no tórax eu já não sinto mais, sinto ainda bastante cansaço mas que também já melhorou bastante comparado ao dia que internei.
Durante a noite de ontem tive um sonho lindo com um Anjo chamando Papai, papai... Logo reconheci sua voz e sai ao seu encontro, Ao encontrar a reação foi rápida, com um olhar brilhando e um sorrisão estampado disse com uma carinha sapeca : Mamãheeee, meu coração aliviou-se de tanta dor, a saudade continua e é imensa, mas a certeza de que esta conosco e continua sendo nossa acalma meu coração tão sofrido pela saudade e tão cheio de amor. Ao amanhecer recebi alta medica e pensei logo... OBRIGADA MEU ANJO, TE AMO FILHA!!!
A saudade é grande, mas o amor é maior!!!

Nenhum comentário: