Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

sábado, 22 de junho de 2013

O meu mundo: Gente que não se toca

Fernanda amiga querida mamãe do Anjo Raphael, 

da o grito preso na garganta de todas nós:

O meu mundo: Gente que não se toca:


A pior coisa para uma mãe que perdeu um filho, são os curiosos. 
Algumas pessoas realmente se importam 
agora outras muitas vezes que a gente nem conhece, 
chega na nossa cara, ou escreve dizendo:
"SE FOSSE COMIGO EU NÃO SUPORTARIA" "EU NÃO VIVERIA", 
e outras coisas do tipo. Quando isso acontece comigo, fico irritada.
Oras, quer dizer então que essa pessoa ama o seu filho(a) ,
mais do que eu amo o meu? 
se eu suporto quer dizer que eu não amava o suficiente o meu filho?
Vou dizer uma coisa, por mais que nós não queiramos mais viver, 
e acho que posso generalizar quando digo que 
TODA mãe que perde seu filho, não quer mais viver
 (salvo raríssimas exceções), 
então mesmo que não queiramos, nós vivemos, 
porque não depende de nós estar viva ou não.
Algumas mãe até chegam a tentar, isso quando não cometem suicídio, 
mas isso não quer dizer que elas amem mais ou sofram mais por seus filho, 
significa somente que elas lidaram com a dor de forma diferente.
Agora eu faço um esforço enorme para me levantar TODOS dias, 
e ainda sou obrigada a ouvir ou ler tais comentários 
que quando não são direcionados diretamente a mim, 
são para as minhas companheiras de luto.
Se quiser dizer alguma coisa, diga que só de imaginar vc já sente a dor da perda, 
mas não diga que sabe o que estamos sentindo, 
que se fosse você, vc não aguentaria, 
que não sabe como estamos de pé, porque sinceramente nós tbm não sabemos,.
Não diga nada se for para falar besteira!!
#prontofalei!!

Um comentário:

Priscila Barbosa disse...

É, não tem coisa pior que os comentários "BEM" intencionados, também ouvi que pelo menos eu tenho gravidez sem problemas posso ter outros, pior se fosse com ela que tem pressão alta e uma única filha. Pode! É revoltante mesmo, não digam nada, falem apenas estou aqui....
..Não aguento de saudade do meu anjo Mateus, quero tanto meu bebê de volta, que vida injusta...se foi com 1 ano e 7 meses.
Eu precisava desabafar, dói demais.
Priscila