Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Saudades

Porque sera que tem dias que é mais difícil suportar sua ausência amor da minha vida???
Mamãe esses dias não esta nada bem, sofrendo muito com a falta que você me faz...
De repente tudo volta ao inicio, a decepção em te perder, a revolta por nada poder fazer, o vazio, a solidão, a tristeza sem fim, a angustia...
Nem mesmo eu sei como consegui chegar até aqui e as vezes desacredito de conseguir continuar sem ti.
Onde esta pedaço meu???
Sei que esta no céu, livre de toda dor e todo mal, mas puxa, te queria aqui junto a mim.
Sinto sua falta todos os dias, coração dói de saudades e amor.
Respiro fundo e penso só por hoje, isso todos os dias... Até quando conseguirei me manter dessa maneira?
Olho tudo em volta e vejo que a vida continua, mas não a sua vida, não a minha, tudo perdeu o valor.
Penso nas outras filhas, no marido e então respiro fundo e amarro minha dor dentro de mim para a eles oferecer o que tenho de melhor, mas no intimo sinto as cordas se rompendo e a dor extravasando para fora.
Lagrimas rolam sem que eu tenha o minimo controle.
Falta algo em mim, falta algo em nós.
Para sempre seremos incompletos, para sempre faltara nossa pequeninha de cachinhos macios e cheirinho de suco de uva.
Desculpe minha filha por tanto sofrer, sei que não gosta, mas também sei que me entende... É por tanto te amar, amor maior do mundo.
BRILHA, BRILHA ESTRELINHA!!!
Saudades,
Mamãe!!!

Nenhum comentário: