Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

terça-feira, 10 de março de 2015

Saudades meu amor... Quantas saudades!!!


Hoje meu coração perguntou por você... Senti sua falta como sempre sinto.

Senti saudades de mim, saudades de você, saudades de nós, saudades da minha felicidade, do seu sorriso, do seu viver. Hoje mais do que nunca senti sua falta... Falta dos teus olhos, falta dos meus olhos nos seus. Falta do seu olhar, falta da alegria no meu olhar. Hoje senti que preciso de você, senti sua falta. Falta de ouvir você balbuciar mamã, falta do seu amor, do seu cheirinho de suco de uva, da sua generosidade... Falta de segurar sua mãozinha, falta de ter você aqui comigo, falta de ter você protegida no meu abraço! Sinto saudades, saudades de você. Saudades do seu carinho, da sua inocência, do nosso amor... Hoje senti sua falta, como sempre sinto... Meu coração esta doendo de saudade de sua... hoje passei o dia com o pensamento ai, juntinho de você 



Nenhum comentário: