Bem ti vi

Para você, Letícia, meu Bem-te-vi".
Viste, hoje, o passarinho na janela?
Tão frágil, tão pequeno, tão delicada fera.
Parece procurar-te, de primavera, em primavera. Até pousar cansado, noutra janela.
Ouviste-lhe, acaso, o canto de saudade? Também eu te procuro minha bela.
Encontro-te no meu peito, fiz-te um ninho, aconcheguei-te no meu altar.
É que aquele passarinho na janela lembrou-me o dia que há muito já perdi.
Bem me quiseste, e tanto bem te quis...
Quiseste mais, eu sei, compreendi. Tu frágil, doce, bela...
Lembro-me de ti. Esquecer-te, meu amor, seria como me esquecer de mim.
É que aquele último dia cerrou-te os olhos delicadamente, e entre beijos eu te vi partir...
Voaste!... Voaste firme e decididamente.
De volta para dentro de mim,
E eu... Fiquei aqui, a lembrar-te de ti, a sonhar contigo, esperando o dia em que poderei te ter aqui, em meus braços para abraçar-te, beijar-te, beijar-te, beijar-te..
Te espero até depois do fim.

Amigos

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Cris "Bicha linda"

Entre tudo o que a chegada e partida da Letícia trouxe para mim, a amizade, a solidariedade e o carinho de outras Mães de Anjos é sem duvidas algo muito precioso...
"Dor compartilhada é meia dor"
Sou realmente muito privilegiada por fazer parte de um grupo de mães que se tornaram grandes amigas, te-las em minha vida, é um presente que para sempre quero ter...
Juntas compartilhamos nossas dores, nossos questionamentos sem respostas, a alegria que tivemos um dia, as conquistas que pouco a pouco conquistamos, as alegrias ainda dividida que sentimos quando algo vai bem... E é quando algo vai bem com uma que todas nos alegramos, conquista de uma é conquista do grupo, somos abençoadas por anjos e isso é inenarrável...
A mesma dor que nos fere, nos alimentam, nos castiga e nos alivia, nos faz chorar e nos torna unidas.
Cris é nossa bicha linda, querida e amada por todas nós, a nós um lindo exemplo de fé e conquista. Mamãe do anjo Miguel e agora também do Anjo Meliza.
Foi depositado em Meliza toda esperança de dias melhores, Cris estava esplendorosa, bicha linda como só ela é capaz de ser, mas no oitavo mês de gravidez de Meliza sofreu um acidente domestico e Meliza não resistiu, foi morar junto ao irmão...
Quanta dor sentimos ao saber sobre a partida de Meliza, esperávamos por ela como um noivo espera a noiva no altar, ansiosos, felizes, mas Meliza voou alto e foi brilhar entre as estrelas...
Cris começou a me surpreender quando postou sua primeira mensagem no face:
Senhor, que eu tenha fé,
para vislumbrar o que meus olhos não veem.
para desbravar os lugares da minha alma
que se esconderam no meio da dor,
para acreditar na hora seguinte, 
para, em terra firme, alçar voos que me tragam leveza, 
para acreditar na amizade, no abraço, 
no acolhimento, dividir o choro e o riso, 
Senhor que eu tenha fé, 
para não me perder de mim, não deixar minhas 
melhores partes desperdiçadas no caminho, 
Senhor que eu tenha fé, 
na minha capacidade de iluminar os caminhos escurecidos 
pelo sofrimento, pelos vazios, pela saudade... 
Senhor, que as faltas não me tornem 
ausente em minha própria vida...
Teresa Gouvea 
Inconsolável eu estava quando apenas algumas semanas após Meliza ter partido, Cris entrou em contato comigo...
Para chorar???
Não, ela queria minha ajuda para juntas ajudarmos uma amiga que atravessa uma situação difícil...
E assim me surpreendeu mais uma vez...
Quanto orgulho sinto da Cris... Quanta honra em ser sua amiga...
Ela me ensina muito!!!
Com duas dores no peito, no coração e na alma ela continua sendo para mim um surpreendente e lindo exemplo de perseverança, bondade e fé.
Amo-te Bicha linda!!!!


2 comentários:

Mirlene Cristiane Andrade Lopes de moraes disse...

Que lindo,lindo,lindo!!!!Sem palavras pra descrever o q senti lendo este texto,tão lindo e emocionante.

Kathia Porto disse...

Cris lindona tamos juntas sempre bjs